INTENCIONALIDADE DA AÇÃO EDUCATIVA NA EDUCAÇAO INFANTIL: A IMPORTÂNCIA DA ORGANIZAÇÃO DO TEMPO E DO ESPAÇO DAS ATIVIDADES

Autores

  • Sílvia Adriana Rodrigues
  • Gilza Maria Zauhy Garms

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v14i15.161

Palavras-chave:

educação infantil, práticas educativas, rotinas.

Resumo

Ao refletir sobre a intencionalidade de toda ação educativa praticada por professores em situações planejadas de ensino aprendizagem, uma pergunta interpõe-se entre as inquietações dos educadores: como organizar tempo, espaço e procedimentos didáticos que possam, efetivamente, favorecer o processo de ensino-aprendizagem das crianças pequenas? Esta é a questão norteadora do presente texto, que elegeu como propósito analisar as propostas de “rotinas” orientadoras do trabalho na educação infantil que foram levantadas no estudo realizado junto aos professores-alunos matriculados no Projeto Pedagogia Cidadã – Pólo de Presidente Prudente, que atuavam na educação infantil (tanto como professores, quanto como auxiliares de desenvolvimento infantil – ADI). Os dados obtidos apontam a abrangência das propostas consideradas essenciais para o trabalho junto à criança pequena no que diz respeito à organização do tempo e do trabalho pedagógico; mas também para uma distorção dos objetivos primordiais da educação infantil. Cabe salientar que este trabalho é substrato de pesquisa realizada nos anos de 2004 e 2005, que teve como objetivo central descrever e analisar a formação em serviço do profissional de educação infantil no citado projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-03-2010

Como Citar

RODRIGUES, S. A.; GARMS, G. M. Z. INTENCIONALIDADE DA AÇÃO EDUCATIVA NA EDUCAÇAO INFANTIL: A IMPORTÂNCIA DA ORGANIZAÇÃO DO TEMPO E DO ESPAÇO DAS ATIVIDADES. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 14, n. 15, 2010. DOI: 10.14572/nuances.v14i15.161. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/161. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê