O CUIDADO E A EDUCAÇÃO DOS BEBÊS E A FORMAÇÃO DE DIRIGENTES

Autores

  • Suely Amaral Mello

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v28i3.5273

Palavras-chave:

Teoria histórico-cultural, bebês, educação e cuidado

Resumo

O que queremos dos nossos bebês? Temos consciência de que quando nos relacionamos com eles, a forma como fazemos isso lhes ensina um modo de ser com os outros e constitui a base sobre a qual eles começam a formar sua personalidade? Sabemos que a maneira como cuidamos e educamos as crianças no primeiro ano de vida e a experiência que elas têm vai constituindo sua inteligência? Neste artigo, quero discutir as contribuições da teoria histórico-cultural para o cuidado e a educação dos bebês e, à luz desta teoria, apresentar as práticas da abordagem Pikler-Loczy com o cuidado e a educação nesta idade. Com isso, quero contribuir para percebermos que a teoria, na prática pode se concretizar. Para isso é preciso ter práticas que concretizem as diretrizes que aprendemos com a abordagem teórica que adotamos, de acordo com nossas concepções de desenvolvimento humano, de educação, de criança, se infância e de como as crianças aprendem. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

13-04-2018

Como Citar

MELLO, S. A. O CUIDADO E A EDUCAÇÃO DOS BEBÊS E A FORMAÇÃO DE DIRIGENTES. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 28, n. 3, 2018. DOI: 10.14572/nuances.v28i3.5273. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/5273. Acesso em: 3 mar. 2024.

Edição

Seção

Dossiê

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)