UTOPIA RIMA COM MUDANÇA TODO DIA: TEORIA E PRÁTICAS EM CRECHE

Autores

  • Analu Menzani Redondo
  • Maria Augusta Fahl
  • Maria do Carmo Garcia Nascimento
  • Rosana Maria Donato Xavier de Souza
  • Suely Amaral Mello

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v14i15.160

Palavras-chave:

educação infantil, formação do professor da infância, teoria histórico-cultural.

Resumo

Esse artigo discute o processo de construção de um projeto pedagógico em uma creche da rede pública a partir do referencial teórico que fundamentou esse processo e as práticas adotadas a partir de então. Escrito a várias mãos, é síntese de três pontos de vista diferentes – o da assessoria pedagógica que orientou o processo no seu conjunto, o de duas professoras e o de duas pajens, responsáveis por uma mesma turma de crianças de 3 anos. Nesse sentido discute as novas concepções que envolvem a educação das crianças pequenas a partir das contribuições da teoria histórico-cultural e de pesquisas e estudos recentes realizados com crianças de 0 a 6 anos educadas em espaços coletivos nas instituições dedicadas à infância, procurando focalizar especificamente o processo de construção de conhecimento pelas crianças. Por outro lado, apresenta as mediações que concretizaram a teoria sendo apropriada pelas profissionais em processo de formação continuada. Com isso, ensaia uma avaliação da fundamentação teórica e das práticas de formação adotadas como instrumento do pensar e agir docentes. Contribui, nesse sentido, para uma reflexão acerca das necessidades de formação das profissionais da educação infantil na perspectiva de buscar garantir às crianças o direito de viverem sua infância na escola infantil, ao mesmo tempo em que se formam como sujeitos inteligentes e solidários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-03-2010

Como Citar

REDONDO, A. M.; FAHL, M. A.; NASCIMENTO, M. do C. G.; SOUZA, R. M. D. X. de; MELLO, S. A. UTOPIA RIMA COM MUDANÇA TODO DIA: TEORIA E PRÁTICAS EM CRECHE. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 14, n. 15, 2010. DOI: 10.14572/nuances.v14i15.160. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/160. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê