INSTITUINDO SIGNIFICADOS DE “TRABALHO DOCENTE” POR MEIO DE DISSOCIAÇÃO DE NOÇÕES

Autores

  • Tarso Bonilha Mazzotti Universidade Estáceo de Sá

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v17i18.765

Palavras-chave:

Trabalho docente, significados de trabalho docente, dissociação de noções

Resumo

Como em qualquer definição a de “trabalho docente” decorre de alguma comparação. Compara-se o trabalho docente com alguma das profissões liberais determinando o que falta para que venha a ser como estas. Se “trabalho docente” for considerado um emprego, se o compara com outros em instituições similares ou, ainda, com os postos trabalho em geral, pondo em cena a noção de não autonomia ou de autonomia restrita. Esta comparação também pode conduzir à caracterização de trabalho objetivado em oposição ao subjetivo, dentre outras. O objetivo deste artigo é expor algumas dessas comparações para esboçar uma revisão conceitual que pode originar argumentos mais pertinentes a respeito do trabalho docente. O que foi realizado por uma análise do corpus discursivo do debate contemporâneo acerca de “trabalho docente”, do qual foram extraídas as principais comparações e argumentos. Não apresento uma revisão dos trabalhos e autorias por não se tratar de uma hermenêutica. Nossa análise explicita o uso da técnica argumentativa dissociação de noções que estabelece a divisão de uma noção usual em dois termos, em que o segundo é apresentado como o pleno de qualidades e o primeiro como o que não as possui, estabelecendo uma hierarquia entre seus significados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

MAZZOTTI, T. B. INSTITUINDO SIGNIFICADOS DE “TRABALHO DOCENTE” POR MEIO DE DISSOCIAÇÃO DE NOÇÕES. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 17, n. 18, 2010. DOI: 10.14572/nuances.v17i18.765. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/765. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê