Aplicação do método da jurisprudência comentando em formação especializada em direito

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32930/nuances.v33i00.9481

Palavras-chave:

Jurisprudência, Comentário de caso, Treinamento especializado em direito

Resumo

O método de comentário de jurisprudência é um método de ensino e treinamento no campo do direito que é amplamente aplicado em muitos países avançados ao redor do mundo. Diferentemente do método expositivo tradicional, no método de ensino de comentário de casos, o ensino teórico será realizado em paralelo com precedentes que são pesquisados e selecionados para explicar e ilustrar a aula. O artigo analisa a jurisprudência e o papel da aplicação do método de comentário jurisprudencial na formação especializada em direito. Com base nisso, o artigo propõe a estrutura e o método de implementação do método de comentário de jurisprudência na formação especializada em direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mong Diep Dao , University of Law, Hue University, Hue – Vietnam

Ph.D.

Mai Khanh Nguyen Dao , University of Law, Hue University, Hue – Vietnam

Student Faculty of Economic Law.

Le Thao Nguyen, University of Law, Hue University, Hue – Vietnam

MA. 

Van Nhung Nguyen , Ho Chi Minh International College, Ho Chi Minh – Vietnam

MA.

Referências

BRYANTH, A; GARNER, S. Black’s Law Dictionary. 7. ed. Minnesota: West Group, 1999.

CATHERINE, E.; FRANCIS, Q. “English Legal System”. 10. ed. Londres: Pearson Longman Press, 1999.

DAI, D. V. “Delayed interest in payment in 2016 precedents”. People's Court Journal, n. 1, p. 05-12, 2017.

DUNG, L. T. "The first 37 case precedents of Vietnam: Analysis and commentary". Washigton: Justice Publishing House, 2020.

GLENDON, M. A.; GORDON, M. W.; CAROZZA, P. G. Comparative Legal Tradition. Minnesota: AIPI, 1999.

HAI, H. T. N. How to form case precedents in the French Republic and experience for Vietnam. Electronic Court Journal, v. 4, 78-90, 2021. Disponível em: https://tapchitoaan.vn/bai-viet/an-le/cach-thuc-hinh-hanh-an-le-tai-cong-hoa-phap-va-kinh-nghiem-cho-viet-nam. Acesso em: 12 jul. 2021.

HAI, H. T. N.; NGOC, N. T. K. “Comment on some criteria for selecting case precedents under the provisions of Resolution n. 04/2019/NQ-HDTP from the perspective of comparative law”. Journal Electronic People's Court, 2021. Disponível em: https://tapchitoaan.vn/bai-viet/an-le/binh-luan-mot-so-tieu-chi-lua-chon-an-le-theo-quy-dinh-cua-nghi-quyet-so-042019nq-hdtp-duoi-goc-do-luat-so-sanh. Acesso em: 12 dez. 2020.

HANH, D. T. M. “Using judgment in teaching law theory - experience through a school in England”. Journal of Legal Science, v. 4, n. 89, p. 74-80, 2015.

HANOI LAW UNIVERSITY. Comparative Law Textbook. The People’s Public Security Publishing House, 2017.

MICHAEL, B. D. “Concise introduction to comparative law”. Zupthen: Europa Law Publishing, 2013.

NHUNG, N. T. H. "Civil case precedents". Ho Chi Minh: National University Publishing House, 2018.

NIGEL, G. F. German Legal System & Laws. Oxford: Blackstone Press Limited, 1993.

QUY, M. H.; NGUYET, L. T. A. "Law on World Trade Organization: Summary and Commentary". Hanói: Hong Duc Publishing House, 2012.

THE SUPREME PEOPLE'S COURT. Case law website, Total number of precedents. Supreme People's Court, v. 52, 2021. Disponível em: https://anle.toaan.gov.vn/webcenter/portal/anle/anle. Acesso em: 12 dez. 2020.

THO, N. T. A. “Some basic issues on commenting on case law”, Journal of the Law Profession. v. 1, p. 62-69, 2020.

TRUNG, D. T. “Function of creating and applying court precedents”. Thesis (Ph. D. in jurisprudence) – University of Law of Ho Chi Minh City, Ho Chi Minh city, 2018.

Publicado

31-03-2022

Como Citar

DAO , M. D.; NGUYEN DAO , M. K.; NGUYEN, L. T.; NGUYEN , V. N. Aplicação do método da jurisprudência comentando em formação especializada em direito. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 33, n. 00, p. e022003, 2022. DOI: 10.32930/nuances.v33i00.9481. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/9481. Acesso em: 2 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos Publicação Contínua