ADOLESCÊNCIA, EDUCAÇÃO E SUICÍDIO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL

Autores

  • Nilson Berenchtein Netto
  • Terezinha Martins dos Santos Souza

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v26i1.3825

Palavras-chave:

Suicídio, Adolescência, Psicologia Histórico-Cultural, Educação, Escola

Resumo

O objetivo desse artigo é discutir, desde a produção da Psicologia Histórico-Cultural as relações entre adolescência, suicídio e educação formal. Para tanto, os autores tomaram cada um desses fenômenos a partir de suas determinações históricas, sociais e culturais, relacionando-os e criticando as compreensões tradicionais e ideológicas. Abordam-se múltiplos aspectos da relação entre os fenômenos abordados, com o objetivo de subsidiar a análise crítica e a discussão aprofundada entre os/as trabalhadores/ as das instituições educacionais e os/as estudantes.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v26i1.3825

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-09-2015

Como Citar

NETTO, N. B.; SOUZA, T. M. dos S. ADOLESCÊNCIA, EDUCAÇÃO E SUICÍDIO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 26, n. 1, p. 163–195, 2015. DOI: 10.14572/nuances.v26i1.3825. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/3825. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê