A LITERATURA PRODUZIDA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA NO LIVRO DIDÁTICO E O LEITOR JUVENIL

Maria Amélia Dalvi, Daiane Francis Fernandes Ferreira, Josineia Sousa da Silva

Resumo


Este trabalho apresenta resultados de uma pesquisa qualitativa, interpretativa e bibliográfico-documental. A pesquisa dialogou com a perspectiva teórico-metodológica histórico-cultural. Visou a compreender a relação de alunos do Ensino Médio com a presença de textos literários de origem estrangeira em seu livro didático de Língua Portuguesa. A questão central concerne a quais sejam opiniões e práticas dos alunos a partir dos textos literários de origem estrangeira no livro didático de Ensino Médio. Particularmente, teve como objetivo identificar a percepção dos alunos quanto à presença da literatura estrangeira no livro didático, e a sua possível influência em hábitos, opiniões ou estímulos, como o desejo de aprender outro idioma, cultura ou costume. Para isso, aplicou-se um questionário para todas as séries do Ensino Médio de três escolas públicas de diferentes cidades da Grande Vitória (ES, Brasil). Os resultados apontam a indisponibilidade e a ausência de interesse dos estudantes de pesquisar sobre a literatura estrangeira fora do contexto escolar.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v26i3.3918


Palavras-chave


Leitura; Literatura estrangeira; Livro Didático

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v26i3.3918


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com