AVALIAÇÃO DA QUALIDADE EM CRECHE: O BEM-ESTAR E O ENVOLVIMENTO DA CRIANÇA COMO PROCESSOS CENTRAIS

Autores

  • Sara Barros Araújo Instituto Politécnico do Porto

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v25i3.3143

Palavras-chave:

Avaliação da qualidade, creche, bem-estar e envolvimento da criança, formação profissional

Resumo

A qualidade da educação em creche tem vindo a ser associada a efeitos positivos na aprendizagem, desenvolvimento e bem-estar da criança. Neste artigo, apresenta-se uma proposta de avaliação dessa qualidade em que o bem-estar e envolvimento da criança são reconhecidos como processos catalisadores, ao serviço da formação e investigação. O estudo centra-se na formação de profissionais orientada para a melhoria das práticas, com base na experimentação refletida de referenciais pedagógicos específicos para a creche. Os resultados revelam efeitos positivos do processo formativo na observação e interpretação das experiências das crianças e na monitorização das práticas, bem como um aumento dos níveis de bem-estar e envolvimento das crianças. Estas evidências são relevantes considerando a necessidade de quadros de referência pedagógicos que apoiem de forma consistente e fundamentada a avaliação e melhoria da qualidade em contextos de atendimento à primeira infância.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v25i3.3143

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sara Barros Araújo, Instituto Politécnico do Porto

Doutora em Estudos da Criança. Professora-Adjunta da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto.

Downloads

Publicado

22-12-2014

Como Citar

ARAÚJO, S. B. AVALIAÇÃO DA QUALIDADE EM CRECHE: O BEM-ESTAR E O ENVOLVIMENTO DA CRIANÇA COMO PROCESSOS CENTRAIS. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 25, n. 3, p. 100–115, 2014. DOI: 10.14572/nuances.v25i3.3143. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/3143. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê