TRABALHO DOS EXTENSIONISTAS NO CONTEXTO DA ATES: O CASO DOS ASSENTAMENTOS DE CANDIOTA/RS (Work of workers in the context of ATES: the case of settlements Candiota/RS)

Daiane Loreto de Vargas

Resumo


Sabe-se que a questão agrária e os problemas que dela se originam não são recentes e nem estão resolvidos, mas, também se reconhece que muitas iniciativas vêm sendo tomadas nesse sentido. Dentre elas é importante destacar o serviço de Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária (ATES), criado pelo Instituto Nacional da Reforma Agrária (INCRA) com objetivo de ser uma alternativa na prestação de serviços de extensão rural para agricultores assentados. Dessa forma, desenvolveu-se uma pesquisa de campo no contexto dos assentamentos do Município de Candiota/RS. Onde se teve por objetivo compreender as ações da extensão rural na prática, tendo em vista as orientações do Programa de Ates e os possíveis conflitos que daí se origina, ou seja, os conflitos entre teoria e prática no cenário das orientações desse programa para o serviço de extensão rural.


Palavras-chave


extensão rural, política de ATES, assentamentos rurais.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

Resultado de imagem para redibResultado de imagem para DOAJ logo

                         

ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada