A TEORIA DA INDIVIDUALIDADE PARA SI COMO REFERÊNCIA À ANÁLISE DA EDUCAÇÃO ESCOLAR DE ADOLESCENTES

Autores

  • Ricardo Eleutério dos Anjos UNOESTE
  • Newton Duarte

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v28i3.4183

Palavras-chave:

Educação escolar, Individualidade para si, Adolescência.

Resumo

Por meio da aproximação entre a teoria filosófico-ontológica da formação da individualidade para si e a psicologia histórico-cultural, este artigo tem como objetivo apresentar aportes teóricos para a educação escolar de adolescentes. A individualidade para si foi apresentada como máxima possibilidade da formação do indivíduo e tal processo é realizado a partir da relação dialética entre objetivação e apropriação das objetivações genéricas para-si, ou seja, das produções humanas mais elaboradas, como a ciência, a arte e a filosofia. A adolescência foi considerada uma fase privilegiada do desenvolvimento humano para a internalização de tais produções humanas, devido à formação do pensamento por conceitos. Conclui-se que a educação escolar, ao socializar essas objetivações genéricas não cotidianas, contribui decisivamente para o desenvolvimento do autodomínio da conduta, da autoconsciência e da formação de uma individualidade livre e universal. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Eleutério dos Anjos, UNOESTE

Possui graduação em Psicologia pela FEA/Araçatuba. Mestrado em Educação Escolar pela UNESP/Araraquara, com bolsa da CAPES, sob orientação do Prof. Dr. Newton Duarte e coorientação da Profa. Dra. Lígia Márcia Martins. Doutorado em Educação Escolar em andamento pela UNESP/Araraquara, com bolsa da CAPES, sob orientação do Prof. Dr. Newton Duarte. Integrante do Grupo de Pesquisa cadastrado no CNPq com o título: Estudos Marxistas em Educação, ligado ao Departamento de Psicologia da Educação da UNESP/Araraquara. Atualmente é professor e supervisor de estágio em Psicologia Escolar/Educacional e Psicologia do Esporte (curso de psicologia e pedagogia). Autor de artigos e capítulos de livros. Com base nos referenciais teóricos da Psicologia HistóricoCultural e da Pedagogia HistóricoCrítica, realiza pesquisas em Psicologia Escolar e Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Adolescência; A Relação entre Educação Escolar e Desenvolvimento Psíquico; Processos Psicológicos Básicos e Personalidade. 

Newton Duarte

- Vínculo Institucional/Profissional: Docente do Departamento de Psicologia da Educação, FCLAR/UNESP, Araraquara, SP

- Grau de Formação Acadêmica: Livre Docente, Doutorado em Educação; Mestrado em Educação; Graduação em Pedagogia

- Órgão de Fomento/Financiamento: CAPES

Downloads

Publicado

13-04-2018

Como Citar

DOS ANJOS, R. E.; DUARTE, N. A TEORIA DA INDIVIDUALIDADE PARA SI COMO REFERÊNCIA À ANÁLISE DA EDUCAÇÃO ESCOLAR DE ADOLESCENTES. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 28, n. 3, 2018. DOI: 10.14572/nuances.v28i3.4183. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/4183. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos - FLUXO CONTÍNUO