O PAPEL DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NO DESENVOLVIMENTO DA PERSONALIDADE DO ADOLESCENTE

Ricardo Eleutério dos Anjos

Resumo


A partir dos pressupostos da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica, este artigo procurou analisar teoricamente o papel da educação escolar no desenvolvimento da personalidade do adolescente. Foram pesquisadas não somente as obras de Vygotski, como também de Leontiev, Luria, Elkonin, entre outros autores que contribuíram e contribuem para a formação do conjunto de trabalhos elaborados pela psicologia histórico-cultural. A pedagogia histórico-crítica, a partir das obras de Dermeval Saviani e Newton Duarte, foi utilizada como mediação entre a psicologia histórico-cultural e a educação escolar, por entender que esta teoria pedagógica é compatível com os pressupostos da “Escola de Vygotski”. Este trabalho apresenta a concepção da psicologia histórico-cultural sobre a personalidade do adolescente como superação das concepções psicológicas naturalizantes e idealistas, explicitando, ainda, a relevância da transmissão dos conteúdos escolares para o desenvolvimento da personalidade nessa idade de transição.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v25i1.2941


Palavras-chave


Adolescência; Desenvolvimento da personalidade; Psicologia histórico-cultural; Educação escolar

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v25i1.2941


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com