FRAGMENTOS SOBRE AS PELEJAS PELA TERRA NA REGIÃO DO ARAGUAIA-TOCANTINS / Fragments on the struggles for land in the Araguaia-Tocantins region / Fragmentos sobre luchas por la tierra en la región Araguaia-Tocantins

Autores

  • Rogerio Henrique Almeida Universidade Federal do Pará (UFOPA) – Santarém, Pará, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.47946/rnera.v0i62.8923

Palavras-chave:

Amazônia, movimento social, fronteira.

Resumo

Resumo:

A região do Araguaia-Tocantins se configura na história recente da luta pela terra no Brasil como um emblema no que diz respeito ao avanço do grande capital monopolista sobre as fronteiras amazônicas. O processo, induzido pelo Estado, desnuda formas de acumulação primitiva do capital, onde a expropriação apresenta relevo, e contraditoriamente, de forma desigual, forja formas de oposição a esta, a partir dos grupos colocados em condições subalternas. Neste trabalho, a partir de vivência empírica, revisão bibliográfica e levantamento de dados, registramos a presença dos movimentos socioespaciais e socioterritoriais, onde encontramos frações da Igreja Católica, ONGs, partidos políticos como expressões do primeiro, posseiros/camponeses e suas instituições políticas (delegacias sindicais, STRs) e o MST, como expressões do segundo.

 

Como citar este artigo:

ALMEIDA, Rogerio. Fragmentos sobre as pelejas pela terra na região do Araguaia-Tocantins. Revista NERA, v. 25, n. 62, p. 115-134, jan.-abr., 2022.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-01-19

Como Citar

Almeida, R. H. (2022). FRAGMENTOS SOBRE AS PELEJAS PELA TERRA NA REGIÃO DO ARAGUAIA-TOCANTINS / Fragments on the struggles for land in the Araguaia-Tocantins region / Fragmentos sobre luchas por la tierra en la región Araguaia-Tocantins. REVISTA NERA, (62), 115–134. https://doi.org/10.47946/rnera.v0i62.8923

Edição

Seção

ARTIGOS