OS ENTREMEIOS AO ENSINAR CIÊNCIAS

Autores

  • Caroline Barroncas de Oliveira Universidade do Estado do Amazonas-UEA
  • Mônica de Oliveira Costa Universidade do Estado do Amazonas
  • Amarildo Menezes Gonzaga Instituto Federal do Amazonas - IFAM

DOI:

https://doi.org/10.32930/nuances.v30i1.6423

Palavras-chave:

Processos formativos, Experiência, Ensino de Ciências.

Resumo

Este artigo tem como objetivo refletir sobre a experiência de um processo formativo com professores em formação inicial vivenciada na disciplina Metodologia do Ensino/Aprendizagem das Ciências da Natureza no curso de Pedagogia da Universidade do Estado do Amazonas-UEA. Nossa intenção é dar visibilidade ao que se passa nos entremeios ao pensar sobre o ensinar Ciências. Este trabalho está vinculado a uma pesquisa que busca problematizar as vivências que assumimos no decorrer do processo formativo docente enquanto potenciais experiências em criar pontes entre ser e viver o Ensino de Ciências, a partir de três focos de problematização: o imprevisível nas aulas de ciências; sobre tornar-se professor de ciências; e, práticas diferenciadas de Ciências. Assim, narramos as experimentações e deslocamentos nos modos de ver o Ensino de Ciências pois, mais do que descrever e cursar uma disciplina no curso de formação docente é sentir e experienciar silêncios e movimentos mobilizadores de deslocamentos formativos de professores em formação ao discutir modos de ensinar ciências que se atrele a impermanência da vida ecoada em nossa existência. Essa experiência nos enlaça numa ideia de tornar-se professor mais ligado a incompletude, ao desejo do incerto, do (des)construir e reconstruir caminhos formativos constantes e imprecisos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caroline Barroncas de Oliveira, Universidade do Estado do Amazonas-UEA

Possui graduação em Normal Superior pela Universidade do Estado do Amazonas-UEA (2007). Especialização em Supervisão Educacional pela Universidade Federal do Amazonas-UFAM (2008). Especialização em Antropologia pela Universidade Federal do Amazonas-UFAM (2008). Mestrado em Ensino de Ciências pela Universidade do Estado do Amazonas-UEA (2010). Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática pela REAMEC (2016). Professora Assistente do Curso de Licenciatura em Pedagogia da Escola Normal Superior da UEA. Tem experiência na área de Educação e Ensino de Ciências, com ênfase em formação de professor, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, educação científica, estágio com pesquisa, narrativas.

Mônica de Oliveira Costa, Universidade do Estado do Amazonas

Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal do Amazonas (2005) com Habilitação em Supervisão e Orientação Escolar, Especialização em Psicopedagogia, Mestrado em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia pela Universidade do Estado do Amazonas - UEA (2010), doutorado em Educação em Ciências e Matemática pela REAMEC - Rede Amazônica em Educação em Ciências e Matemática a partir do qual pesquiso os temas: Currículo, Estágio, Didática e Amazônia na perspectiva de Michel Foucault. Atualmente sou professora/pesquisadora na Universidade do Estado do Amazonas.

Amarildo Menezes Gonzaga, Instituto Federal do Amazonas - IFAM

Doutor em Educação: Desenvolvimento Curricular (Universidad de Valladolid,2002), Mestre em Ciências Humanas (Universidade Federal do Amazonas,1998), Especialista em Metodologia do Ensino Superior (Universidade Federal do Amazonas, 1995), Licenciado em Letras (Universidade Federal do Amazonas, 1990). Curso Adicional em Estudos Sociais: Habilitação para 5ª e 6ª séries no Colégio Batista de Parintins (1984). Curso Técnico: Habilitação para o Magistério 1ª a 4ª série do primeiro grau no Colégio Nossa Senhora do Carmo - Parintins (1980-1983). MInistrou aulas nas Séries Iniciais, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio. Atualmente ministra aulas em Cursos de Graduação, nas disciplinas de Metodologia da Pesquisa Científica e Didática das Ciências nos Cursos de Licenciatura em Química, Física, Biologia e Matemática; e também no Curso de Mestrado Profissional em Ensino Tecnológico, na condição de professor na disciplina Transdisciplinaridade, Currículo e Educação Tecnológica, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM). Também atua no Doutorado em Educação em Ciências e Matemática (REAMEC). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículo, atuando principalmente nos seguintes temas: CURRÍCULO, FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO ENSINO TECNOLÓGICO, PESQUISA NARRATIVA, PERCURSOS DE AUTORIA.

Downloads

Publicado

31-12-2019

Como Citar

OLIVEIRA, C. B. de; COSTA, M. de O.; GONZAGA, A. M. OS ENTREMEIOS AO ENSINAR CIÊNCIAS. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 30, n. 1, 2019. DOI: 10.32930/nuances.v30i1.6423. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/6423. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Práticas Pedagógicas