MST E IDEOLOGIA: A TEORIA E A PRÁTICA NO ASSENTAMENTO CELSO FURTADO EM QUEDAS DO IGUAÇU/PR/ MST and ideology: theory and practice at Celso Furtado settlement in Quedas do Iguaçu/PR/ MST e ideología: la teoría y la práctica en el asentamiento Celso Furtado en Quedas do Iguaçu/PR

Renata Cattelan, Marcelo Lopes de Moraes

Resumo


A realidade agrária brasileira ainda é complexa. A concentração de terras faz do Brasil um dos líderes nessa questão. A criação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) em 1984 propôs, além da luta pela reforma agrária e pelas terras, a luta pelo Socialismo. Visto que o sistema político e produtivo socialista é complexo, o objetivo desta pesquisa se centrou em identificar se os assentados pela reforma agrária compartilham da ideologia socialista pregada pelas falas dos dirigentes do MST e pelo programa agrário definido pelo movimento. Para atender a este objetivo, foi realizada uma pesquisa de campo onde se aplicou formulários em famílias do Projeto de Assentamento Celso Furtado, localizado no município de Quedas do Iguaçu/PR. Os resultados da pesquisa mostram que a grande maioria dos assentados da amostra não compreende ou mesmo nunca ouviu falar do Socialismo, também não tem amplo conhecimento sobre outras práticas e símbolos ligados ao ideário do MST. Apesar do pouco conhecimento teórico, grande parte dos assentados mantêm práticas ligadas a ideias constituídas a partir de experiências coletivas e individuais quando em contato direto com lideranças do MST, especialmente no acampamento.


Palavras-chave


Ideologia; Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST); reforma agrária.

Texto completo:

PDF


 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

 

APOIO
                       
ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada