EDUCAÇÃO INCLUSIVA: A IMPORTÂNCIA DA INTERAÇÃO NO ESPAÇO ESCOLAR ENTRE DOCENTE E ESTUDANTE SURDO

Elisângela de Carvalho Franco

Resumo


O artigo tem por objetivo investigar a importância da interação afetiva entre docente e estudante viabilizada por aspectos da educação inclusiva da pessoa surda no contexto escolar. A pesquisa tem como foco a abordagem qualitativa por apresentar métodos exploratórios e descritivos, sendo empregado o estudo de caso, o qual foi realizado numa escola pública do interior do estado de Rondônia. Os participantes foram sete adolescentes surdos na faixa etária dos catorze aos dezoitos anos e oito docentes que lecionam em turmas de ensino médio que continham estudantes surdos matriculados. Como procedimento estratégico aplicou-se um questionário semiestruturado com indagações de cunho fechado e aberto. Portanto, obteve-se a conclusão de que não há uma interação entre docente e estudante adolescente surdo no contexto escolar, visto que a relação pedagógica não é interativa. Cujo fator preponderante é a falta de comunicação no ambiente de ensino entre as pessoas ouvintes com as pessoas surdas. Ocorrido principalmente pelo desconhecimento da Libras pelo grupo dominante, tornando a relação distante, com pouca afetividade e motivação para o processo de ensino-aprendizagem.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v27i1.3440


Palavras-chave


Educação inclusiva. Surdo. Relação pedagógica

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v27i1.3440


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com