Mulheres rurais em movimento: pandemia e resistência aquém e além do patriarcado / Rural women in motion: pandemic and resistance below and beyond patriarchy / Mujeres rurales en movimiento: pandemia y resistencia más allá del patriarcado

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47946/rnera.v25i63.8942

Palavras-chave:

Questão agrária, violência contra a mulher, campesinato

Resumo

O presente artigo fará uma breve recapitulação histórica sobre os movimentos sociais de mulheres trabalhadoras rurais e, em seguida, analisará as implicações da pandemia de COVID-19 na vida dessas mulheres. Por fim, discutirá as formas de resistência utilizadas por esse grupo para lidar com as adversidades do momento atual. O trabalho ancora-se na revisão de literatura e pesquisa bibliográfica, na apreciação de reportagens sobre o tema, bem como na análise dos relatos de mulheres rurais captados durante a realização de pesquisa de campo conduzida no interior de Alagoas e Pernambuco por meio da utilização de aparatos tecnológico de interação mediada. A partir do material analisado, constata-se que o ambiente pandêmico tem intensificado o aumento da violência doméstica, potencializado as dificuldades de acesso às políticas públicas e acarretado sobrecarga do trabalho doméstico e de cuidados, tudo isso em um cenário marcado pela diminuição da renda familiar. Por outro lado, pôde-se observar como as mulheres vêm se organizado localmente, não raro mediante o uso da tecnologia, logrando encontrar meios de resistência como a adoção de ações de solidariedade e a criação de redes de apoio nas comunidades.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-09-28 — Atualizado em 2022-11-14

Versões

Como Citar

Albuquerque, A. L., Lages, A. S., & Teixeira, W. F. (2022). Mulheres rurais em movimento: pandemia e resistência aquém e além do patriarcado / Rural women in motion: pandemic and resistance below and beyond patriarchy / Mujeres rurales en movimiento: pandemia y resistencia más allá del patriarcado. REVISTA NERA, 25(63). https://doi.org/10.47946/rnera.v25i63.8942 (Original work published 28º de setembro de 2022)

Edição

Seção

ARTIGOS