GENTES|TERRAS: O OUVIR MÚTUO DAS GEOGRAFIAS INDÍGENAS / People|lands: the mutual listening of Indigenous Geographies / Gente|tierras: la escucha mutua de las geografías indígenas

Autores

  • Jones Dari Goettert Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária - NERA - Faculdade de Ciências e Tecnologia FCT/UNESP
  • Juliana Grasiéli Bueno Mota

DOI:

https://doi.org/10.47946/rnera.v23i54.7913

Palavras-chave:

Geografias Indígenas, Gentes e Terras, “Sentipensar”.

Resumo

“Ouvir uma pedra!”: assim resumimos metaforicamente a proposta deste texto. “Ouvindo-a”, ecoamos: (1) palavras índias, sobretudo de Ailton Krenak e Davi Kopenawa; (2) crítica à separação de espaço e lugar, em encontro entre Antropologia (Tim Ingold) e Geografia (Doreen Massey); (3) um jeito índio de relação gentes e terras nos tristes trópicos, de Claude Lévi-Strauss; e (4) a indissociabilidade gentes e terras (e águas) traduzida na palavra “sentipensar”, ensinada por pescadores camponeses-indígenas colombianos. E que aqui “ouvir uma pedra” seja um acontecimento, um ato, um território, sensibilizando a todas e todos para as experiências pulsantes que as geografias indígenas ensejam.

 

Como citar este artigo:

GOETTERT, Jones Dari; MOTA, Juliana Grasiéli Bueno. Gentes|terras: o ouvir mútuo das Geografias Indígenas. Revista NERA, v. 23, n. 54, p. 9-34, mai.-ago., 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-07

Como Citar

Goettert, J. D., & Mota, J. G. B. (2020). GENTES|TERRAS: O OUVIR MÚTUO DAS GEOGRAFIAS INDÍGENAS / People|lands: the mutual listening of Indigenous Geographies / Gente|tierras: la escucha mutua de las geografías indígenas. REVISTA NERA, 23(54), 9–34. https://doi.org/10.47946/rnera.v23i54.7913

Edição

Seção

APRESENTAÇÃO