TOCANTINS NO CONTEXTO DO MATOPIBA: TERRITORIALIZAÇÃO DO AGRONEGÓCIO E INTENSIFICAÇÃO DOS CONFLITOS TERRITORIAIS/ Tocantins in the context of the MATOPIBA program: Territorialization of agribusiness and intensification of territorial conflicts/ Tocantins en el contexto del MATOPIBA: Territorialización del agronegócio e intensificación de los conflictos territoriales

Autores

  • Carlos Alberto Feliciano Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária - NERA - Faculdade de Ciências e Tecnologia FCT/UNESP
  • Carlos Eduardo Ribeiro Rocha

DOI:

https://doi.org/10.47946/rnera.v0i47.6270

Palavras-chave:

Conflitos, violência, soja, MATOPIBA, território.

Resumo

Os conflitos por terra no estado do Tocantins têm se agravado na última década, segundo dados da Comissão Pastoral da Terra. Mortes, despejos, ameaças, ações de jagunços contratados por grileiros são algumas das características da produção territorial do conflito agrário nesse estado. O discurso de “última fronteira agrícola” e a expansão do capital, principalmente estrangeiro para a produção de commodities, tem feito surgir um aumento pela busca por terra nessa parte do bioma Cerrado, onde uma classe política/agrária se utiliza de suas relações dominantes de poder para expropriar e dispor terras para o capital. Nessa conjuntura agrária que se encontra o estado do Tocantins, políticas públicas de Estado, como a formalização do território do MATOPIBA em 2015, reforça e potencializa os conflitos por terra, que cada vez mais se mostra violento e perverso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-02-11

Como Citar

Feliciano, C. A., & Rocha, C. E. R. (2019). TOCANTINS NO CONTEXTO DO MATOPIBA: TERRITORIALIZAÇÃO DO AGRONEGÓCIO E INTENSIFICAÇÃO DOS CONFLITOS TERRITORIAIS/ Tocantins in the context of the MATOPIBA program: Territorialization of agribusiness and intensification of territorial conflicts/ Tocantins en el contexto del MATOPIBA: Territorialización del agronegócio e intensificación de los conflictos territoriales. REVISTA NERA, (47), 230–247. https://doi.org/10.47946/rnera.v0i47.6270

Edição

Seção

ARTIGOS