AQUISIÇÃO DE TERRAS POR ESTRANGEIROS NO BRASIL: UMA ANÁLISE ATRAVÉS DO DEBATE PARADIGMÁTICO/Acquisition of land by foreigners in Brazil: an analysis for paradigmatic debate

Autores

  • Lorena Iza Pereira Pesquisadora do Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária (NERA), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - FCT. Pesquisadora Visitante do International Institute of Social Studies (ISS), Erasmus University Rotterdam

DOI:

https://doi.org/10.47946/rnera.v0i40.4939

Palavras-chave:

Estrangeirização da terra, land grabbing, controle de terras, debate paradigmático, desenvolvimento territorial.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo abordar o processo de estrangeirização da terra - que é diferente do processo intitulado de land grabbing - no âmbito do debate paradigmático, evidenciando que não apenas o território, mas a própria definição de estrangeirização e land grabbing estão em disputa. A discussão sobre o land grabbing e estrangeirização da terra emergiu em escala global após 2007/2008 como resposta a uma convergência de crises - alimentar, ambiental, energética e financeira. É importante construir espaços de diálogo a respeito do land grabbing e da estrangeirização da terra, uma vez que são processos que estão em disputa e que são utilizados por corporações do agronegócio, latifundiários e governos para a acumulação do capital através da desterritorialização de camponeses, indígenas e quilombolas com um discurso de desenvolvimento.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-18

Como Citar

Iza Pereira, L. (2017). AQUISIÇÃO DE TERRAS POR ESTRANGEIROS NO BRASIL: UMA ANÁLISE ATRAVÉS DO DEBATE PARADIGMÁTICO/Acquisition of land by foreigners in Brazil: an analysis for paradigmatic debate. REVISTA NERA, (40), 88–110. https://doi.org/10.47946/rnera.v0i40.4939

Edição

Seção

ARTIGOS