IDEOLOGIA E EDUCAÇÃO: PARA A CRÍTICA DO PROGRAMA AGRINHO/Ideology and Education: Towards a Critical of Agrinho Program

Autores

  • Rafael Rossi Docente no curso de Licenciatura em Educação do Campo, no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e no Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais na UFMS em Campo Grande - MS.
  • Icléia Albuquerque de Vargas Docente no curso de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências na UFMS em Campo Grande - MS.

DOI:

https://doi.org/10.47946/rnera.v0i40.4919

Resumo

A relação entre ideologia e educação no ensino de geografia, de modo geral, tem se baseado num prisma gnosiológico. Todavia, no presente texto, tratamos desta relação sob uma abordagem ontológica histórica e social, a partir, sobretudo, das elaborações de maturidade do filósofo húngaro Gyorgy Lukács. Explicitamos, desse modo, a origem, natureza e a função social da ideologia no ser social e a orientação ideológica presente no material didático do Programa Agrinho no Estado de Mato Grosso do Sul. Por isso, é de fulcral relevância investir esforços teóricos na apreensão do embasamento ideológico que se faz presente na educação, com o objetivo de entendimento crítico destas relações em meio à totalidade social consubstanciada pelo modo de produção capitalista. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-18

Como Citar

Rossi, R., & Albuquerque de Vargas, I. (2017). IDEOLOGIA E EDUCAÇÃO: PARA A CRÍTICA DO PROGRAMA AGRINHO/Ideology and Education: Towards a Critical of Agrinho Program. REVISTA NERA, (40), 206–224. https://doi.org/10.47946/rnera.v0i40.4919

Edição

Seção

ARTIGOS