NOVO COLONIALISMO TRANSNACIONAL E A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA DO AGRONEGÓCIO

Autores

  • Frederico Daia Firmiano Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.47946/rnera.v0i16.1364

Palavras-chave:

Colonialismo transnacional, subimperialismo, desenvolvimento, luta dos trabalhadores e dos povos, experiência brasileira do agronegócio.

Resumo

Nosso texto é um breve esforço de reflexão sobre aspectos da experiência brasileira recente da busca pela inserção na economia-mundo através das fronteiras abertas pelo complexo de atividades econômicas vinculadas à produção agro-industrial, o chamado agronegócio, à luz das posições contemporâneas sobre o colonialismo, na sua forma clássica internacional, interna e transnacional, trazidas especialmente por Pablo G. Casanova. Com isso, buscamos evidenciar a vitalidade do conceito no estudo de países com história colonial, como o Brasil, partindo do questionamento de alguns aspectos que emergem da discussão feita por autores latinoamericanos, como Cláudio Katz e Mathias Luce, de elementos da teoria do subimperialismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Firmiano, F. D. (2012). NOVO COLONIALISMO TRANSNACIONAL E A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA DO AGRONEGÓCIO. REVISTA NERA, (16), 48–62. https://doi.org/10.47946/rnera.v0i16.1364

Edição

Seção

ARTIGOS