“BOOM” AGRÍCOLA E PERSISTÊNCIA DA POBREZA NA AMÉRICA LATINA: ALGUMAS REFLEXÕES

Autores

  • José Graziano da Silva FAO
  • Sérgio Gómez FAO
  • Rodrigo Castañeda FAO

DOI:

https://doi.org/10.47946/rnera.v0i16.1361

Palavras-chave:

Agricultura, rural, pobreza, desenvolvimento, América Latina

Resumo

Este artigo está centrado em análises de alguns fatores que estariam ampliando a brecha entre o dinamismo de setores agropecuários e os avanços na redução da pobreza rural. Esta brecha é analisada em relação à capacidade que tiveram os distintos países estudados em avançar estas duas dimensões: pobreza e crescimento. Desse ponto surge a pergunta sobre quais são as formas de criar uma nova agenda de pesquisa e de discussão política, no quadro das atuais tendências do desenvolvimento agropecuário e rural na América Latina. Deste ponto de vista, no artigo fazemos referência à origem da hipótese inicial e apresentamos uma visão do impacto dos modelos de desenvolvimento sobre a pobreza rural que têm predominado na região. Em seguida, fazemos uma síntese dos principais resultados obtidos em cada um dos oito países onde se realizaram os estudos. Em terceiro lugar, apresentamos as principais conclusões. Por último, apresentamos a agenda de políticas públicas com aspectos importantes para superar situações de pobreza rural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Silva, J. G. da, Gómez, S., & Castañeda, R. (2012). “BOOM” AGRÍCOLA E PERSISTÊNCIA DA POBREZA NA AMÉRICA LATINA: ALGUMAS REFLEXÕES. REVISTA NERA, (16), 7–21. https://doi.org/10.47946/rnera.v0i16.1361

Edição

Seção

ARTIGOS