O ensino de Geografia no contexto da educação formal: considerações sobre o ensino de solos nos Parâmetros Curriculares Nacionais e na Proposta Curricular do Estado de São Paulo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35416/geoatos.v3i8.6143

Resumo

É notório que as formas danosas como os recursos da natureza têm sido manejados para atender as demandas do sistema econômico de produção é motivo de preocupação. Estudiosos de diferentes áreas do conhecimento têm se debruçado sobre as questões ambientais e, principalmente, sobre as interferências humanas no meio ambiente. Deste modo, a Geografia com seu caráter holístico visa compreender as relações sociais, culturais e econômicas que ocorrem sobre o espaço geográfico. Tais conhecimentos devem contribuir para a formação escolar e multiplicar os defensores de um desenvolvimento harmonioso entre a sociedade e a natureza. Dentro deste contexto, o presente artigo tem por objetivo compreender como a educação em solos é abordada dentro da educação formal, mais especificamente na disciplina de Geografia e identificar sua relação (ou dependência) com a educação ambiental, por meio dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) e da Proposta Curricular do Estado de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fátima Aparecida Costa, Faculdade de Ciência e Tecnologia - FCT/UNESP

Graduada (Licenciaura e Bacharelado) em Geografia na Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Câmpus de Ourinhos. 

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia - FCT/UNESP. 

Membro do grupo de pesquisa Gaia. 

Referências

ALMEIDA, M. S. B; OLIVEIRA, S. S. Educação não formal, informal e formal do conhecimento científico nos diferentes espaços de ensino e aprendizagem. In: PARANÁ. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor, PDE. N. 01, v. 03, p. 1- 18, 2014.

BIESDORF, R. K. O papel da educação formal e informal: educação na escola e na sociedade. In: Itinerarius Reflectionis (Online), v.01, n. 10. p.1-13, Jataí, 2011. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/rir/article/view/20432>. Acesso em: 03/dez/2018.

BRASIL, Lei Federal n. 9.131 de 24 de novembro de 1995. Esta lei altera dispositivos da Lei nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961, e dá outras providências.

______. Lei Federal n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Esta Lei estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

______. Lei Federal n. 9.638 de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências.

______. Lei Federal n. 9.9795 de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências.

______. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Conselho Nacional da Educação. Câmara Nacional de Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013. 562 p.

______. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental. Geografia /Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998. 156 p.

CARVALHO, I. C. M. de. A Educação Ambiental No Brasil. In: BRASIL/MEC (Org.). Educação Ambiental no Brasil. Brasília: MEC, 2008.

CLAUDINO, Guilherme dos Santos. O ensino e o saber geográfico no âmbito da pós-graduação brasileira. Revista Geografia em Atos, v. 1, n. 6, 2018. In: revista.fct.unesp.br/index.php/geografiaematos/article/view/6081/pdf_1

COSTA. F. A. Alterações das propriedades físicas e químicas do solo sob diferentes usos da terra em área fortemente degradada por erosão hídrica na bacia do córrego Água do Sousa, município de São Pedro do Turvo – SP. 152 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Bacharel em Geografia) – UNESP/Campus Experimental de Ourinhos, UNESP, Ourinhos, 2016.

DAMBROS, M.; MUSSIO, B, R. Política educacional brasileira: a reforma dos anos 90 e suas implicações. X ANPED Sul. Florianópolis. Outubro, 2014.

FELIX, J. Educação formal, não formal e informal: três conceitos vizinhos. Évora, ano 01, v. 07, p. 1-03, 2012.

GANDIN, D. A prática do planejamento participativo. Petrópolis: Vozes, 1995.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa de Informações Municipais – MUNIC. Rio de Janeiro, 2005.

LIBANEO, J. C. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

LOPES, N. C.; SOARES, M. N.; QUEIRÓS, W. P.; ANDRADE, J. A. N.; PÉREZ L. F. M. Uma análise crítica da proposta curricular do estado de São Paulo para o ensino de ciências: ideologia, cultura e poder. In: VII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Anais... Florianópolis, 8 de novembro de 2000.

MACEDO, E. S.; SANTORO, J.; ARAÚJO, R. E. Plano preventivo de defesa civil (PPDC) para deslizamentos, estado de São Paulo, Brasil. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE DESASTRES NATURAIS, I, 2004, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, p. 908-9019, 2004.

NUNES, F, G. Professores e parâmetros curriculares nacionais (PCN): como está essa relação? RA´EGA 24 (2012), p. 92-107.

ROSS, J. S. Geomorfologia aplicada aos EIAs - RIMAs. In: GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S. B. (org.). Geomorfologia e Meio Ambiente. 3 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000. p. 291 – 336.

SANTOS, L. L. C. P.; PEREIRA, J. E. D. Tentativas de padronização do currículo e da formação de professores no Brasil. Cad. Cedes, Campinas, v. 36, n. 100, p. 281-300, set.- dez., 2016.

SÃO PAULO. Proposta Curricular do Estado de São Paulo: Geografia / Coord. Maria Inês Fini. – São Paulo: Secretaria de Educação Estadual, 2008.

______. Proposta Curricular do Estado de São Paulo – São Paulo: Secretaria de Educação Estadual, 2014.

UNITAD NATIONS. Total (both sexes combined) by region, subregion and contry, annually for 1950-2100 (thousands). Department of Economicand Social Affairs, World Population Prospect: the 2017 revision, DVD edition.

Downloads

Publicado

2018-12-31

Como Citar

COSTA, F. A.; VALLIM, E. M.; CLAUDINO, G. dos S. O ensino de Geografia no contexto da educação formal: considerações sobre o ensino de solos nos Parâmetros Curriculares Nacionais e na Proposta Curricular do Estado de São Paulo. Geografia em Atos (Online), Presidente Prudente, v. 3, n. 8, p. 02–19, 2018. DOI: 10.35416/geoatos.v3i8.6143. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/geografiaematos/article/view/6143. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>