EXPANSÃO DO ACESSO À EDUCAÇÃO SUPERIOR EM UM DEBATE INTERSECCIONAL DE GÊNERO E CLASSE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32930/nuances.v30i1.6756

Palavras-chave:

Acesso à Educação Superior, Expansão do ensino, Diferenciação social, Desigualdades sociais

Resumo

RESUMO:  O artigo analisa o processo de diferenciação social no cenário da expansão do acesso à Educação Superior e suas interseções com as questões de classe e gênero, categorias determinantes na hierarquização e desigualdade social. Para tanto, objetiva-se compreender como as diferenciações de classe e gênero impactam o acesso às carreiras profissionais masculinizadas e feminizadas. Trata-se do estudo de caso de quatro cursos da Universidade Federal da Paraíba - UFPB: Pedagogia, Enfermagem, Engenharia Civil e Engenharia de Produção, analisados com base nos dados de matrícula dos estudantes conforme indicadores de sexo, renda familiar e origem escolar, disponibilizados pelo Sistema de Tecnologia de Informação - STI/UFPB. O trabalho parte da hipótese de que as questões de gênero e classe são relacionais, sendo expressa, de forma interseccional no acesso às carreiras profissionais. Os dados comprovam que as áreas masculinizadas possuem maior prestígio social, consequentemente, são reduto de homens brancos de classe média, enquanto que as áreas feminizadas tendem ao menor prestígio social, sendo predominado por mulheres pobres. Conclui-se que há uma hierarquização no acesso, que, por sua vez, é relacional ao processo da estratificação social no âmbito das carreiras profissionais; precarização de algumas profissões e sua respectiva mão de obra, em detrimento de outras; posição de privilégio social do homem branco de classe dominante e a separação de cursos para ricos e pobres no âmbito da educação superior, mesmo após o processo de diversificação do sistema de educação superior.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rayana Andrade de Carvalho, Universidade Federal da Paraíba

Mestrado no Programa de Pós Graduação em Educação (PPGE/UFPB) e Graduação em Pedagogia (UFPB) (Linha de Pesquisa- Educação Popular) e Graduação em Pedagogia (UFPB). Integrante do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior (NEPES-UFPB)

Edineide Jezine Mesquita Araujo, Universidade Federal da Paraíba

Pós-doutoramento na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias - Lisboa/PT (CAPES/FCT), com instância acadêmica na Universidade de Valência, Doutorado em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Mestrado em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Amazonas (UFA). Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior (NEPES-UFPB).

Downloads

Publicado

31-12-2019

Como Citar

DE CARVALHO, R. A.; MESQUITA ARAUJO, E. J. EXPANSÃO DO ACESSO À EDUCAÇÃO SUPERIOR EM UM DEBATE INTERSECCIONAL DE GÊNERO E CLASSE. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 30, n. 1, 2019. DOI: 10.32930/nuances.v30i1.6756. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/6756. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Dissertações e Teses