ASSENTAMENTOS RURAIS E AS MODIFICAÇÕES SOCIOECONÔMICAS NO MUNICÍPIO DE RIO BONITO DO IGUAÇU/ Rural settlements and socioeconomic changes in the municipality of Rio Bonito do Iguaçu/ Asentamientos rurales y las modificaciones socioeconómicas en el municipio de Rio Bonito do Iguaçu

Cristina Sturmer dos Santos, Luis Claudio Krajevski

Resumo


Diante do debate e experiências referentes a reforma agrária, existe um vasto campo para pesquisa de lacunas ainda existentes. O impacto socioeconômico dos assentamentos se configura como uma dessas lacunas. No Paraná, mais precisamente no município de Rio Bonito do Iguaçu, foram implantados dois assentamentos rurais no período de 1997/1998, os quais reúnem, aproximadamente, 1.530 famílias assentadas. Assim definiu-se como objetivo deste estudo identificar a evolução dos indicadores socioeconômicos de Rio Bonito do Iguaçu, em decorrência da instalação dos assentamentos “Marcos Freire” e “Ireno Alves dos Santos”. A metodologia utilizada para avaliar os impactos consiste no estudo de caso sobre o município de Rio Bonito do Iguaçu, através de dados secundários referentes a alguns indicadores socioeconômicos. Analisando a produção agropecuária e os índices de renda, desigualdade e pobreza, observa-se que os assentamentos proporcionaram uma modificação produtiva no município, intervindo diretamente na realidade socioeconômica local. Desta forma, conclui-se que a implementação destes dois assentamentos permitiu a alteração não só da estrutura fundiária neste território, mas, também, a transformação da estrutura produtiva e da realidade socioeconômica do município de Rio Bonito do Iguaçu.


Palavras-chave


Indicadores socioeconômicos; reforma agrária; Rio Bonito do Iguaçu.

Texto completo:

PDF


 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

 

APOIO
                       
ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada