ASPECTOS ECONÔMICOS E SOCIAIS DA RECICLAGEM: UM ESTUDO APLICADO EM UMA COOPERATIVA DE CATADORES EM VITÓRIA DA CONQUISTA-BA

Adma Viana Santos, Elson Luciano Silva Pires

Resumo


Diante da complexidade que perpassa a problemática dos resíduos na atualidade, a reciclagem tem adquirido ampla notoriedade e se apresentado como uma das principais questões no âmbito das discussões socioambientais; a argumentação é que são numerosos os benefícios advindos da atividade recicladora. A despeito disso, a constatação é de que grande quantidade de resíduos gerados ainda não dispõe de uma destinação e tratamento correto na maioria dos municípios brasileiros. Assim, o objetivo dessa pesquisa foi o de analisar o processo de reciclagem enquanto base de uma cadeia produtiva lucrativa considerando-se, principalmente, os aspectos econômicos e sociais. Ademais, foram explanadas algumas dentre as principais discussões referentes à geração e destino dos resíduos sólidos urbanos, bem como às formas de atuação e funções dos diversos atores sociais envolvidos nesse circuito espacial produtivo. Para o desenvolvimento dos objetivos propostos e seguindo a orientação teórica, a pesquisa empírica foi desenvolvida com a realização de entrevistas e aplicação de questionários aos 54 cooperados da Cooperativa Recicla Conquista (na cidade de Vitória da Conquista/BA), aos representantes do poder público municipal, e aos principais compradores (atravessadores) dos materiais dessa cooperativa, com um mapeamento das rotas e destino da produção e comercialização dos recicláveis. A pesquisa demonstra que a reciclagem se efetiva principalmente enquanto uma medida economicamente viável, fato que se sobrepõe aos aspectos ambiental e social; contudo, identificou-se que os catadores, apesar de se encontrarem na base desse processo lucrativo, são os menos beneficiados e se constituem no elo precarizado e mais frágil dessa complexa trama de relações.


Texto completo:

PDF


Revista Formação (Online). ISSN: 2178-7298. ISSN-L: 1517-543X