AS REFORMAS EDUCACIONAIS, O NOVO ENSINO MÉDIO E A GESTÃO PARA RESULTADOS – OFENSIVA EMPRESARIAL?

Maria Raquel Caetano

Resumo


O artigo apresenta como objetivo analisar as relações entre a Reforma do Ensino Médio e a inserção de propostas privadas na educação através de ferramentas de gestão do mundo empresarial ligados a duas instituições que operam em escolas públicas. A educação que visa a formação da juventude brasileira passa a ser alvo dos interesses do capital, representado pelo setor privado para qualificar as novas formas de organização do trabalho produtivo, além de influenciar o conteúdo abordado nas escolas públicas através de seus métodos de negócios e a gestão para resultados. A pesquisa é qualitativa e a investigação é de natureza exploratória. Os dados foram levantados através da análise documental, pesquisas já realizadas, sites, estabelecendo relações entre o público e o privado no Ensino Médio e a proposta de gestão para resultados. Os resultados apontam para a educação como espaço de disputa que comporta projetos diferentes e antagônicos do ponto de vista da sua função social.


Palavras-chave


Reforma da Educação. Ensino Médio. Público- privado.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.32930/nuances.v29i1.5811


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com