A QUESTÃO DA QUALIDADE DA FORMAÇÃO: O QUE PENSAM OS FORMADORES? O LUGAR DOS VALORES E ENGAJAMENTOS EM UMA REPRESENTAÇÃO PROFISSIONAL

Patrice Bouyssières

Resumo


A questão da qualidade da formação é uma preocupação importante na sociedade do conhecimento. Ela é em parte tratada sob o ângulo de certificação de normas-qualidade. Esta contribuição aborda a questão de outro ângulo: o da representação da qualidade da formação entre formadores. A partir de dois tipos de coleta de dados, questionário e grupo focal, analisamos a estrutura e conteúdo dessa representação profissional. Ressaltamos dois  esquemas representacionais
centrais: as competências dos atores, a definição de objetivos pertinentes e três esquemas periféricos expressando valores profissionais diferentes: adaptação técnica para o emprego; desenvolvimento pessoal e social; a qualidade de engenharia das formações. Estes elementos representacionais ultrapassam muito o quadro normativo de qualidade. Eles mostram a diversidade de valores e engajamentos profissionais dos formadores, verdadeiros atores/autores profissionais.

Palavras-chave


representações profissionais; educação de adultos; treinamento profissional

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v16i17.318


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com