ORDEM, PROGRESSO E ALFABETIZAÇÃO! LOURENÇO FILHO E O ENSINO DA LEITURA E ESCRITA

Bruno Marini Bruneri, Ana Lucia Espíndola

Resumo


O presente ensaio pretende resgatar na trajetória histórica da alfabetização brasileira o pensamento e as contribuições do professor escolanovista Lourenço Filho, buscando compreender de que forma o pensamento desse autor ainda marca de forma bastante contundente algumas concepções de alfabetização vigentes. O motivo da escolha por estudar e discutir Lourenço Filho se deu por suas imensas contribuições nas pesquisas acerca da psicologia escolar, dos estudos sobre o ensino da leitura e da escrita e por ter sido um grande promotor da educação popular brasileira. Contudo, para organização deste texto, nos limitamos as suas obras de maior destaque e influência na educação de base no Brasil; sendo elas um ensaio e duas cartilhas, que emblemáticas e representativas do pensamento do autor acerca do ensino da leitura e escrita, predominaram por mais de meio século no cenário educacional do país.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v25i3.3084


Palavras-chave


História da Alfabetização; Escola Nova; Lourenço Filho

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v25i3.3084


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com