TECNOLOGIAS DIGITAIS E ENSINO: INCLUSÃO PARA ALÉM DA INSERÇÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32930/nuances.v30i1.6721

Palavras-chave:

Inclusão digital. Tecnologia Digital da Informação e Comunicação. Inclusão social. Cidadania.

Resumo

O debate acerca da inclusão digital no Brasil surgiu a partir da década de 90, originado da popularização da internet e da consequente preocupação do governo brasileiro em implementar políticas públicas visando democratizar o acesso da população brasileira às tecnologias e, com isso, combater a exclusão digital. Nesse sentido, este estudo intenta discutir a possível contribuição do uso das tecnologias digitais na sala de aula para a inclusão digital e social dos alunos. Partindo da questão: de que forma a utilização das tecnologias digitais no ensino pode favorecer a inclusão digital e social dos alunos, o texto defende a necessidade da inserção crítica e autoral dos artefatos digitais na sala de aula como requisito para que a inclusão digital aconteça. Discorre ainda sobre as diferentes compreensões do termo inclusão digital, a partir de alguns autores e programas governamentais, bem como a relação entre os conceitos de inclusão digital, inclusão social e cidadania, intimamente entrelaçados. A pesquisa, de cunho bibliográfico, busca, por fim, enveredar pela perspectiva cidadã da inclusão digital, posicionando-se pela defesa de uma inclusão digital possibilitada pelo uso crítico e autoral das tecnologias digitais pelo aluno. O estudo conclui que a incorporação das tecnologias no ensino, embora necessária para tornar a sala de aula um espaço mais significativo para o aluno e condizente com a sociedade do conhecimento, só pode conduzir à inclusão digital plena quando implementada de modo crítico

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Augusto Tamanini, Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino Universidade Federal Rural do Semiárido

Pós-Doutor em História (CAPES/UFPR). Doutor em História (CAPES/UFSC). Professor do Programa de Pós-Graduação em Ensino (UFERSA/UERN/IIFRN). Coordenador do Grupo de Pesquisa Imagem e Ensino (CNPq/UFERSA). Professor Orientador do Programa de Pós-Graduação em Ensino.

Maria do Socorro Souza, Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino – UFERSA

Docente de Língua Portuguesa e Inglesa no ensino fundamental e médio da rede publica estadual e municipal de Mossoró-RN.- Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino – UFERSA

Downloads

Publicado

31-12-2019

Como Citar

TAMANINI, P. A.; SOUZA, M. do S. TECNOLOGIAS DIGITAIS E ENSINO: INCLUSÃO PARA ALÉM DA INSERÇÃO. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 30, n. 1, 2019. DOI: 10.32930/nuances.v30i1.6721. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/6721. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Práticas Pedagógicas