O USO DE RECURSOS TECNOLÓGICOS E SUA INFLUÊNCIA NA FORMAÇÃO DO ESTUDANTE

Autores

  • Nivaldo Alexandre de Freitas Universidade Federal de Mato Grosso, Curso de Psicologia https://orcid.org/0000-0001-9900-4041
  • Ana Paula Vieira do Nascimento Calábria Universidade Federal de Mato Grosso, Curso de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.32930/nuances.v30i1.6146

Palavras-chave:

Escolarização, Formação, Família e Educação, Tecnologia e Educação

Resumo

O fluxo contínuo de informações na vida cotidiana e as mudanças na forma de aprender e ensinar devido à difusão de tecnologias tornaram relevantes os estudos do impacto dessas transformações no campo educacional. O presente estudo busca compreender o modo como o uso de recursos tecnológicos, nas esferas doméstica e escolar, influencia o processo de escolarização e formação do estudante. Foi realizada pesquisa bibliográfica em que foram estudados alguns dos limites da possibilidade da tecnologia ser uma aliada no processo de formação. A análise e a interpretação do material disponível permitem inferir que o uso de recursos tecnológicos, seja no contexto familiar, seja no escolar, deve estar estreitamente relacionado a uma ideia de formação humana para a autonomia e não apenas de escolarização para uma formação técnica. Vê-se que os recursos tecnológicos têm se tornado novos meios da indústria cultura, que tende a transformar cultura em mercadoria, e seu uso na vida cotidiana precisa ser refletido com cuidado, já que contribui para a semiformação. Pais e professores desempenham importantes papéis no processo de formação, visto que são mediadores capazes de propiciar autonomia ao estudante. Os pais não são meros impositores de regras, assim como os professores devem desempenhar seu papel para além da transmissão de conteúdos. Cabe, assim, pensar os efeitos do uso dos recursos tecnológicos na vida de crianças e jovens para fornecer subsídios aos pais e professores de forma a poderem promover o uso racional da tecnologia na educação escolar e na formação dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nivaldo Alexandre de Freitas, Universidade Federal de Mato Grosso, Curso de Psicologia

Doutor em Psicologia Escolar, Professor adjunto no Curso de Psicologia e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso, Câmpus de Rondonópolis

Ana Paula Vieira do Nascimento Calábria, Universidade Federal de Mato Grosso, Curso de Psicologia

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Mato Grosso, Câmpus de Rondonópolis

Downloads

Publicado

31-12-2019

Como Citar

FREITAS, N. A. de; CALÁBRIA, A. P. V. do N. O USO DE RECURSOS TECNOLÓGICOS E SUA INFLUÊNCIA NA FORMAÇÃO DO ESTUDANTE. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 30, n. 1, 2019. DOI: 10.32930/nuances.v30i1.6146. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/6146. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Práticas Pedagógicas