INTERAÇÃO EM SALA DE AULA E DESENVOLV IMENTO DE CAPACITAÇÃO HUMANA

Autores

  • Malcom Reed

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v26i1.3815

Palavras-chave:

Atividade em sala de aula, subjetividade, teoria histórico-cultural

Resumo

Qual é o valor pedagógico prático da Zona de Desenvolvimento Proximal? Como nós poderemos desenhar, a partir dos escritos de Vygotsky e Leontiev, com a intenção de entender o processo de desenvolvimento de crianças e jovens como seres humanos intelectuais socializados? Este artigo apresenta a teoria histórico-cultural em atividades de sala de aula, com intenção de revelar o seu potencial nas dinâmicas transformações na subjetividade humana, posicionamento, cooperação e colaboração. Após detalhada contextualização teórica que relaciona fontes primárias e a tradição histórico-cultural voltada à aprendizagem e ao desenvolvimento através de atividades em sala de aula, discute-se uma situação em aula a qual é tomada em sua narrativa mais ampla de experimentação prática, diagnóstico e implementação.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v26i1.3815

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-09-2015

Como Citar

REED, M. INTERAÇÃO EM SALA DE AULA E DESENVOLV IMENTO DE CAPACITAÇÃO HUMANA. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 26, n. 1, p. 6–21, 2015. DOI: 10.14572/nuances.v26i1.3815. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/3815. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê