PORTFÓLIO NA PROMOÇÃO DA AUTOAVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM: A EDUCAÇÃO INFANTIL SOB FOCO

Autores

  • Nadia Aparecida de Souza

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v25i3.3200

Palavras-chave:

Educação Infantil, Avaliação formativa, Portfólio, Autoavaliação

Resumo

O compromisso formativo e o interesse em envolver as crianças na gestão do próprio processo de aprendizagem ocasionaram a adoção de portfólio e suscitaram o problema: como o portfólio pode favorecer a autoavaliação para seus autores, crianças que integram uma turma de educação infantil. O objetivo estabelecido, consequentemente, foi: mapear e compreender os limites e possibilidades do portfólio favorecer a autoavaliação, por crianças que integram turma de educação infantil. A pesquisa, um estudo de caso de abordagem qualitativa, contou com as 20 crianças de turma de educação infantil de escola pública localizada em Londrina, Paraná. A coleta de dados deu-se por documentos produzidos pelas crianças, entrevistas e observação. A análise de conteúdo temática revelou que o portfólio configurou-se instrumento autoavaliativo, que facultou às crianças identificarem a presença de dificuldades, superações e aprendizagens no decorrer de sua construção e análise.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v25i3.3200

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-12-2014

Como Citar

DE SOUZA, N. A. PORTFÓLIO NA PROMOÇÃO DA AUTOAVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM: A EDUCAÇÃO INFANTIL SOB FOCO. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 25, n. 3, p. 79–99, 2014. DOI: 10.14572/nuances.v25i3.3200. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/3200. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê