O ENSINO DA LEITURA LITERÁRIA NA ESCOLA, EM PORTUGAL: DO DISCURSO OFICIAL ÀS PRÁTICAS

Autores

  • Ângela Balça Universidade de Évora
  • Maria da Natividade Carvalho Pires Instituto Politécnico de Castelo Branco

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v21i22.1624

Palavras-chave:

Ensino da leitura literária, programas escolares, práticas

Resumo

Neste artigo pretendemos dar uma panorâmica do ensino da leitura literária na escola, em Portugal. Centramo-nos, numa fase inicial, no discurso oficial, materializado nos inúmeros programas e iniciativas ministeriais - a Rede de Bibliotecas Escolares, o Plano Nacional de Leitura, o Programa Nacional de Ensino do Português e os atuais Programas do Ensino Básico – e nele vamos analisar como todas estas iniciativas se articulam no ensino da leitura e da formação de leitores literários. Posteriormente, passaremos deste discurso pedagógico oficial para a sua recontextualização na escola e nas salas de aula do 1.º ciclo do ensino básico. Neste ponto, vamos descrever as práticas articuladas ao texto literário, observadas pelas investigadoras, na condição de formadoras do Programa Nacional de Ensino do Português.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v21i22.1624

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BALÇA, Ângela; PIRES, M. da N. C. O ENSINO DA LEITURA LITERÁRIA NA ESCOLA, EM PORTUGAL: DO DISCURSO OFICIAL ÀS PRÁTICAS. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 21, n. 22, p. 92–104, 2012. DOI: 10.14572/nuances.v21i22.1624. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/1624. Acesso em: 3 mar. 2024.

Edição

Seção

Dossiê