APLICAÇÃO DO SENSORIAMENTO REMOTO E GEOPROCESSAMENTO PARA CARACTERIZAÇÃO DO USO E OCUPAÇÃO DA TERRA EM ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DE NASCENTES, CÓRREGOS E RESERVATÓRIOS NA ÁREA URBANA DE OURINHOS NOS ANOS DE 1972 E 2006 – SP

Antonio Edson Monteiro Laurenti, Edson Luís Piroli

Resumo


O presente trabalho apresenta a caracterização dos diferentes tipos de  uso e ocupação da terra sobre as áreas de preservação permanente de nascentes e corpos d’água nas microbacias hidrográficas situadas na cidade de Ourinhos – SP e  no seu entorno, a partir da comparação de fotografias aéreas dos anos de 1972 e 2006. As Áreas de Preservação Permanente (APP) de nascentes e cursos d’água foram definidas de acordo com as diretrizes legais contidas no Código Florestal lei n° 4.771/65, resoluções CONAMA 302/02; 303/02 e 369/06 relacionado aos parâmetro estabelecidos pelo Plano Diretor de Ourinhos e o Zoneamento Ambiental da cidade.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35416/geoatos.v2i12.2406

Direitos autorais

 ISSN: 1984-1647

E-mail para contato: geoatos.editorial@gmail.com

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

  

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

  BASE LogoResultado de imagem para PERIÓDICOS CAPESResultado de imagem para sumarios.orgThumbnailResultado de imagem para redib

 
 Resultado de imagem para DRJI                                                    Resultado de imagem para MIAR INDEXADORResultado de imagem para latindexResultado de imagem para google scholar Resultado de imagem para J4F INDEXADOR