A CIÊNCIA GEOGRÁFICA: ENTRE A CRISE DA RAZÃO E A RECONSTRUÇÃO DO COSMOS

Antonio Carlos Vitte

Resumo


 

O artigo trata brevemente da questão da crise da razão e das racionalidades advindas principalmente da união entre a Ciência Moderna e o Capitalismo. Apesar dessa associação, a crise da ciência moderna e particularmente a tecnociência passa a ser vista como uma possibilidade de articulação entre os saberes marginalizados e as culturas de interpretação e de emancipação historicamente desprezadas pela ciência moderna e que agora ressurgem como uma possibilidade de reinvenção do mundo e da superfície da Terra. A Geografia e particularmente a geografia física deve rever o seu postulado de espaço e tempo, principalmente após a Teoria da Relatividade, levando com isto a uma nova postura do sentido de natureza e de sua instrumentalização. de reconstrução da superfície da Terra enquanto amálgama interpretativo, fundamentado nas variadas tradições culturais.


Texto completo:

Artigo


Direitos autorais

 ISSN: 1984-1647

E-mail para contato: revistageoatos@gmail.com

   Indexadores: (Em breve)