OUVINDO AS MÚSICAS DAS CULTURAS DE PARES: UMA PESQUISA COM CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

Kelly Werle, Cláudia Ribeiro Bellochio

Resumo


O artigo focaliza a música e a experiência nas culturas da infância tendo como aporte teórico a sociologia da infância. A pesquisa buscou investigar como a música constitui experiências nas culturas de pares construídas pelas crianças na instituição de Educação Infantil. Especificamente, compreender de que maneira as crianças protagonizam experiências envolvendo a música durante as brincadeiras e analisar como a música se manifesta na interação das crianças entre si, no processo de produção de culturas de pares. Através de uma abordagem interpretativa com inspiração etnográfica, realizou-se uma pesquisa com a participação de quinze crianças entre 4 e 5 anos, de uma instituição pública. Destacam-se os protagonismos das crianças nos diferentes processos de participação da pesquisa e de produção das culturas de pares. O fazer musical na infância está vinculado ao brincar e aos processos de reprodução interpretativa por meio da interação constante entre os pares e as culturas adultas.


Palavras-chave


Educação Infantil; Culturas da infância; Música; Experiência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v28i3.4538


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com