A FORMAÇÃO EM LITERATURA E A CONSTRUÇÃO DAS IDENTIDADES NEGRAS NO ENSINO FUNDAMENTAL I

Wagner Ramos Campos, Marly Amarilha

Resumo


Estuda identificação de aprendizes do 3º ano do Ensino Fundamental I, de uma escola pública de Natal/RN-Brasil, com personagens ficcionais na leitura de literatura infantil negra. Investiga possibilidades de trabalho com obras desse tipo para a construção afirmativa das identidades, numa abordagem qualitativa com intervenção. O corpus centra-se em dois sujeitos que vivenciaram processos de identificação distintos: um por espelhamento e outro por afastamento do referente. Em 13 sessões de leitura foram lidas 6 obras de literatura infantil negra, brasileira e africana. A professora da turma recebeu formação e atuou como mediadora em atitude de andaimagem. Os resultados apontam para a possível diversidade de resposta dos aprendizes devido à complexidade do problema da identidade étnica, imerso em processos histórico-sociais e psicológicos que atualizam o racismo, o que representa grande desafio aos mediadores, que, por sua vez, têm na literatura campo promissor para seu enfrentamento.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v26i3.3913


Palavras-chave


Educação do leitor; Afirmação da identidade cultural; Literatura infantil

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v26i3.3913


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com