O LUGAR DA POESIA NAS ORIENTAÇÕES CURRICULARES OFICIAIS PORTUGUESAS

Fernando José Fraga de Azevedo, Ana Sofia Guimarães

Resumo


O artigo analisa o lugar da poesia nas diversas orientações curriculares oficiais portuguesas: no Currículo Nacional do Ensino Básico, publicado em 2001, no Programa de Português do Ensino Básico, que entrou em vigor em 2011, e nas Metas Curriculares de Português para o Ensino Básico, já em vigor. Os autores concluem que, apesar de a poesia constituir uma mais-valia para a criança, ao facultar-lhe, de modo natural e harmonioso, o domínio de uma série de competências relevantes ao nível linguístico-literário, os documentos oficiais não lhe concedem grande relevância. 


Palavras-chave


Poesia; Conteúdos curriculares; Objetivos do Ensino-Aprendizagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v28i1.3899


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com