EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO: O CASO DAS ESCOLAS RURAIS DA REGIÃO DO CACAU – BAHIA – BRASIL

André Souza dos Santos

Resumo


A pesquisa tem como objetivo as reflexões sobre a capacidade de desenvolvimento comunitário/sustentável, isso seria possível, a partir da educação oferecida por três escolas de educação básica do campo com metodologias diferenciadas na região do Cacau na Bahia. Trata-se de um mergulho na complexidade do funcionamento de duas escolas que praticam a pedagogia da alternância (15 dias na comunidade e 15 dias na escola) e uma escola pública rural: sua funcionalidade, suas dificuldades, seus desafios e satisfações. São elas: uma EFA - Escola Família Agrícola – localizada no Município de Ilhéus, (escola A), uma CFR - Casa Família Rural – localizada no Município de Tancredo Neves, (escola B) e uma escola pública rural (escola formal publica – localizada no Povoado do Bonfim – zona rural do Município de Valença (escola C). O modelo educacional em curso em cada uma dessas escolas e sua inserção comunitária é base de compreensão deste trabalho. Trata-se de um estudo de caso nas escolas que tem epistemologias pedagógicas diferenciadas, participam da pesquisa os atores locais: pais de alunos, ex-alunos, e alunos com a mesma faixa etária além dos professores/monitores e diretores das escolas.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v18i19.347


Palavras-chave


Desenvolvimento; educação; alternância

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v18i19.347


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com