CONCEPÇÕES & PRÁTICAS DE ALTERNANCIAS NA EDUCAÇAO DO CAMPO: DILEMAS E PERSPECTIVAS

Autores

  • Lourdes Helena da Silva Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v17i18.760

Palavras-chave:

Pedagogia da Alternância, educação do campo, Centros de formação por alternância

Resumo

Nos últimos anos temos acompanhado a emergência e expansão de diversas experiências educacionais, inclusive de políticas públicas, que assumem a pedagogia da alternância como um dos eixos centrais de suas propostas de formação. Neste contexto, emergem, também, uma diversidade de concepções de alternância que, ao mesmo tempo em que favorece certa “confusão” em torno desta modalidade pedagógica, também instiga e estimula esforços teóricos na busca de uma melhor compreensão sobre essa modalidade de formação. É com este propósito que, no presente artigo, buscamos apresentar um panorama das experiências de alternância em curso na nossa sociedade, identificando as concepções que orientam seus projetos pedagógicos. Buscamos, ainda, em dialogo com a produção teórica da área, apresentar as características de práticas de alternâncias existentes, de maneira a analisar alguns dos desafios vivenciados por essas experiências educativas na consolidação da educação e da escola do campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

SILVA, L. H. da. CONCEPÇÕES & PRÁTICAS DE ALTERNANCIAS NA EDUCAÇAO DO CAMPO: DILEMAS E PERSPECTIVAS. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 17, n. 18, 2010. DOI: 10.14572/nuances.v17i18.760. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/760. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê