PROGRAMAS ALTERNATIVOS DE INGRESSO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR COMO POLÍTICA EDUCACIONAL FOCALIZADA

Autores

  • Maria Aldair Gomes Universidade Federal de Uberlândia
  • Antonio Bosco de Lima Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v17i18.725

Palavras-chave:

Políticas educacionais, Educação Superior, programas seriados, políticas de ingresso

Resumo

Este artigo tem como objetivo interpretar a concepção dos alunos de uma escola pública da cidade de Uberlândia/MG sobre os programas seriados alternativos de ingresso na Educação Superior da Universidade Federal Uberlândia (UFU), onde investigamos o Programa Alternativo de ingresso ao Ensino Superior (PAIES) e o Programa de Ação Afirmativa de ingresso ao Ensino Superior (PAAES). Para desenvolvimento da pesquisa, utilizamos de procedimentos metodológicos baseados na análise documental e empírica por meio da aplicação de questionários. Um dos pontos destacados refere-se à possibilidade de ingresso na Educação Superior Pública pelas camadas de baixa renda, constatamos que, apesar da criação do PAIES e do PAAES (UFU), pouco se avançou no processo de democratização educacional, sobretudo, quando voltamos nosso olhar para a realidade vivenciada pelos alunos do período noturno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

GOMES, M. A.; LIMA, A. B. de. PROGRAMAS ALTERNATIVOS DE INGRESSO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR COMO POLÍTICA EDUCACIONAL FOCALIZADA. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 17, n. 18, 2010. DOI: 10.14572/nuances.v17i18.725. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/725. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê