A AMAMENTAÇÃO MATERNA: UM DOS PARÂMETROS DA RELAÇÃO MÃE – CRIANÇA1

Autores

  • Silvia Parrat-Dayan

DOI:

https://doi.org/10.14572/nuances.v14i15.162

Palavras-chave:

relação mãe-criança, amamentação materna, contexto sócio-cultural.

Resumo

Este texto aborda a categoria da psicologia científica a relação mãe-criança e analisa a amamentação materna como um dos parâmetros que, antigamente assim como hoje, era considerado como constitutivo da relação mãe – criança. Trata-se de uma análise dos comportamentos maternos e das crianças ao longo da primeira infância com base na constituição histórica desta relação. À medida que o contexto sócio-cultural muda no tempo e no espaço, as atitudes maternas de integração da criança pequena a este contexto se modificam sob pressão de transformações demográficas, políticas, sociais, culturais e científicas. O método de estudo da categoria mãe-criança é duplo, ao mesmo tempo antropológico e histórico por oposição a uma linha de pesquisa que se contenta em estudar a relação “mãe-criança” segundo apenas as normas da cultura pós-industrial ocidental com suas entidades abstratas à la Durkheim ou seus tipos ideais à la Weber: a mãe, a criança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-03-2010

Como Citar

PARRAT-DAYAN, S. A AMAMENTAÇÃO MATERNA: UM DOS PARÂMETROS DA RELAÇÃO MÃE – CRIANÇA1. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 14, n. 15, 2010. DOI: 10.14572/nuances.v14i15.162. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/view/162. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê