O DESENVOLVIMENTO COMO LIBERDADE NA COMUNIDADE QUILOMBOLA DO CARRASCO NO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA (AL)/Development as freedom at quilombo of Carrasco in the city of Arapiraca (AL)

Andrea Yumi Sugishita Kanikadan, Rafael José Navas da Silva

Resumo


Este estudo tem como objetivo reconhecer a multifuncionalidade da agricultura como possibilidade de desenvolvimento como liberdade, para a comunidade quilombola do Carrasco (Arapiraca-AL). Trata-se de analisar dados a partir de diagnóstico sociocultural, econômico e ambiental sob a ótica das liberdades humanas e da multifuncionalidade da agricultura. As comunidades quilombolas são grupos portadores de nossa herança cultural e histórica. Recentemente, essas comunidades veem fortalecendo seus meios de luta e sua participação ativa na sociedade. A metodologia utilizada envolve levantamento de dados primários e secundários. Utilizou-se a realização de entrevista semi-estruturada, com moradores da comunidade, líder da associação, diretora da escola e do posto de saúde. Os resultados mostram uma comunidade carente de ações públicas que permitam desenvolver suas capacidades no sentido de se buscar a expansão das liberdades humanas e consequentemente, o desenvolvimento como liberdade. Por outro lado, existe uma forte identificação com o território, o que abre espaço para se pensar em políticas públicas que garantam o empoderamento e a emancipação desse grupo de modo que possam produzir e se reproduzir no espaço considerado.


Palavras-chave


Desenvolvimento Local; Quilombos; Multifuncionalidade da Agricultura

Texto completo:

PDF


 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

 

APOIO
                       
ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada