A PRODUÇÃO DO ESPAÇO NA PERSPECTIVA DA RELAÇÃO ESPAÇO-TEMPO

Xisto Serafim de S. de Souza Júnior, Carlos Roberto Loboda, Valéria Cristina Pereira da Silva, Adeir Archanjo da Mota

Resumo


O texto ora apresentado consiste numa tentativa de promover uma reflexão acerca de como vem sendo efetivada a relação espaço-tempo enquanto método de análise. Tal fator tem levado os geógrafos a evidenciarem um “novo” desafio: analisar as superposições da relação espaço-tempo enquanto meio para compreender os elementos determinantes no processo de produção do espaço, os quais são diretamente influenciados pela superposição de interesses políticos, econômicos, culturais e ideológicos. Outrossim, evidenciamos que as análises presentes nesse texto são apresentadas mais no sentido de estimular uma releitura sobre a relação espaço-tempo do que propriamente fornecer modelos analíticos pré-estabelecidos sobre esta relação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v1i13.837

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio