O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. CINCO CONCLUSÕES POSSÍVEIS E CINCO QUESTÕES PARA A CONTINUIDADE DA INVESTIGAÇÃO

Everaldo Santos Melazzo

Resumo


Este texto apresenta um conjunto de dados a respeito do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) no Estado do Rio Grande do Norte e os analisa na perspectiva de sua distribuição territorial pelos municípios potiguares. Os dados apresentados sobre o Programa encontram-se atualizados até dezembro do ano de 2012 e dizem respeito ao número de empreendimentos, número de unidades contratadas (sejam elas já entregues e/ou em construção) discriminando, sobretudo, aquelas relativas à Faixa 1 do Programa, bem como os agentes econômicos por ela responsáveis. A análise encontra-se focalizada nos dados agregados seja para a Região Nordeste, seja para o Estado do Rio Grande do Norte em particular e, com especial atenção para os municípios. Desta maneira, o recorte territorial aqui privilegiado é aquele que permite vislumbrar relações entre a citada distribuição territorial dos empreendimentos e do número de unidades em cada um dos municípios potiguares com indicadores relacionados a suas respectivas posições na hierarquia da rede urbana. O texto alinha, ao final, cinco conclusões possíveis a partir dos dados trabalhados, apresentando elementos para a continuidade da investigação.   


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formação.v1i23.3595

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio