Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Nuances: estudos sobre Educação?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS

O processo de avaliação
Os artigos submetidos à Revista Nuances: estudos sobre educação serão apreciados pelo Comitê Editorial. Aqueles que atenderem aos critérios de publicação da Revista serão enviados, sem identificação de autoria, ao julgamento de no mínimo 02 pareceristas designados pela comissão editorial. Os pareceristas recomendarão a sua aceitação, recusa ou poderão sugerir reformulações. Neste caso, o artigo reformulado retornará aos pareceristas para avaliação final.
Com o sistema duplo-cego (blind review), os nomes dos pareceristas permanecerão em sigilo, omitindo-se também perante estes os nomes dos autores.

Declaração para Concluir o Processo de Submissão
É obrigatório o envio do documento "Declaração para Submissão" disponível neste link, devidamente preenchido, assinado e em formato PDF, onde devem constar do trabalho informações quanto à titulação acadêmica do autor e respectiva instituição; área de estudos e linha de pesquisa; atividades que desempenha; instituição a que está vinculado; endereços residencial, profissional e eletrônico completos. Cada texto poderá ter, no máximo 3 autores, sendo que um dos 3 deve obrigatoriamente possuir o título de doutor(a). Tal documento deve ser enviado no processo de submissão durante a etapa "Documentos Suplementares"

Modelo de formatação
Para facilitar a compreensão de como os artigos devem ser formatados para a submissão, sugerimos que baixe e utilize o modelo disponibilizado neste link.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS ACADÊMICO-CIENTÍFICOS

    1.1 A submissão deve ser realizada através de seu cadastro como autor no sistema. Para maiores informações sobre como realizar a submissão no sistema SEER, clique aqui.

    1.2 O texto pode ser redigido em português, espanhol, francês e inglês e deve ser digitado em programa Word for Windows, usando o formato DOC ou DOCX, em fonte tipo Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5 (um e meio) entre linhas e parágrafo com recuo de 3 cm na primeira linha. Configuração de página: 3 cm superior e esquerda e 2 cm inferior e direita. Todas as folhas do original devem ser numeradas a margem superior direita. O texto deverá ter o mínimo de 35.000 (aproximadamente 15 páginas) e o máximo de 50.000 (aproximadamente 20 páginas) caracteres com espaços, incluindo título, palavras-chave, resumos e referências.

    1.3 Título do artigo com, no máximo, 15 palavras, digitado em fonte tipo Times New Roman, caixa alta, em negrito, tamanho 12 na língua original do autor, em inglês e em espanhol.

    1.4 O artigo deve apresentar logo no início: título em português; resumo que contenha entre 200 e 250 palavras; palavras-chave (de três a cinco) separadas por ponto e cadastradas no Thesaurus Brasileiro da Educação (ver aqui) ; e no final, antes das referências bibliográficas, título em inglês; abstract; keywords e título em espanhol; resumen e palabras clave, nessa ordem.

    1.5 O resumo deve apresentar o tema geral e problema de pesquisa, objetivos, métodos e principais conclusões, sem indicações de referências.

    1.6 Quando da submissão do texto à avaliação da revista, não deverá haver identificação autoral ao longo do corpo do texto. Em caso de aprovação do artigo, o autor incluirá suas referências.

    1.7 A revisão ortográfica e gramatical dos textos é de responsabilidade dos autores e deve ser realizada antes da submissão do texto.

    1.8. Cada autor só poderá ter um artigo em processo interno de avaliação, isso entre o início da submissão e o período da publicação final. Igualmente, cada autor só poderá publicar um artigo na revista respeitando o interstício de, no mínimo, dois anos, entre as duas publicações. Assim, esclarecemos que a Revista Nuances procede ao intervalo de dois anos entre a publicação de um artigo submetido pelo mesmo autor e o início de um novo processo de submissão efetivado pelo autor, seja o autor indicado como autor principal ou como co-autor. A não observância dessa Norma/Regra incidirá na reprovação automática do artigo, mesmo que o mesmo seja submetido por mais de um autor e esse não esteja com artigo publicado ou submetido dentro do interstício.

    2 ILUSTRAÇÕES

    2.1. Qualquer que seja o tipo de ilustração, sua identificação aparece na parte superior, precedida da palavra designativa (desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, quadro, retrato, figura, imagem, entre outros), seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, travessão e do respectivo título. Após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonte consultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor), legenda, notas e outras informações necessárias à sua compreensão se houver). A ilustração deve ser citada no texto e inserida o mais próximo possível do trecho a que se refere.

    2.2. Tabelas

    - apresentam informações tratadas estatisticamente, conforme normas de apresentação tabular do IBGE;

    - tem numeração independente e consecutiva;

    - o título é colocado na parte superior, precedido da palavra Tabela (a primeira letra maiúscula) e de seu número de ordem em algarismos arábicos;

    - as fontes citadas, na construção de tabelas, aparecem no rodapé da tabela;

    - devem ser inseridas o mais próximo do trecho a que se referem;

    2.3. Imagens

    - Para imagem em preto e branco ou colorido recomenda-se a resolução a partir de 300 dpi.

    3 NOTAS

    São as que aparecem ao pé da página onde são indicadas. Servem para abordar pontos que não devem ser incluídos no texto, para não sobrecarregá-lo.

    Devem ser digitadas dentro das margens, ficando separadas do texto por um espaço simples de entrelinhas e por filete de 3 cm, a partir da margem esquerda. São indicadas em algarismos arábicos (sobrescrito), em seqüência contínua para todo capítulo ou parte. Não se inicia a numeração a cada página.

    As notas de rodapé devem ser alinhadas a partir da 2ª linha da mesma nota, abaixo da 1ª letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas e com fonte menor.

    Há dois tipos de notas de rodapé:

    Referenciais: indicam fontes consultadas ou remetem a outras partes da obra onde o assunto foi abordado e são usadas para citação de autoridade e citação de citação. Exemplo:

    ______________________

    1 NÓBREGA, A. A prática da pesquisa, p.5.

    2 WIRTH, L. Método científico, p.54.

    3 COUTINHO, 1960, p.380.

    4 STEIN, 1984, p.131.

    3.2 Explicativas: Indicações, observações ou aditamentos ao texto feitos pelo autor; comentários, esclarecimentos que não possam ser incluídas no texto para não interromper a seqüência lógica da leitura.

    ________________

    2 Castro Alves, o poeta dos escravos, generaliza na literatura escravagista a relação do negro com o mundo branco tornando-o diferenciado de outros mundos

    Obs: Notas explicativas deverão se ater ao estritamente necessário (que tenham a finalidade de: observações complementares; realizar remissões internas e externas; introduzir uma citação de reforço e fornecer a tradução de um texto) , numeradas seqüencialmente, colocadas em nota de rodapé, no final da mesma página.

    4 SIGLAS

    4.1 Na primeira citação, as siglas devem vir entre parênteses, imediatamente após o nome, por extenso, das entidades ou coisas que representam.

    Exemplo:

    Centro de Informação e Biblioteca em Educação (Cibec).

    5 DESTAQUES

    5.1 - O uso de negrito dentro do texto deve ficar restrito aos títulos; o de itálico, apenas para destacar conceitos ou grifar palavras em língua estrangeira.

    6 REEDIÇÃO

    6.1 Textos para reedição deverão ser apresentados na forma originalmente publicada, de modo a assegurar a indicação da fonte primitiva. No caso de tradução, anexar cópia da folha de rosto da publicação original.

    7 CITAÇÕES

    Citações diretas ou textuais: transcrição textual dos conceitos do autor consultado. Transcrição fiel, “ipsis litteris”. Especificar no texto a(s) página(s), volume(s), tomo(s) ou seção(ões) da fonte consultada, esta(s) deverá(ão) seguir a data, separada(s) por vírgula e precedida(s) pelo termo que a(s) caracteriza(m) de forma abreviada.

    Devem ser indicadas as supressões, interpolações, comentários, ênfases ou destaques, do seguinte modo:

    a) Supressões: [...]

    b) Interpolações, acréscimos ou comentários: [ ]

    c) Ênfase ou destaque: grifo ou negrito ou itálico

    As citações diretas, no texto, de até três linhas, devem estar contidas entre aspas duplas, com o mesmo tamanho de letra utilizado no texto. Ex.:

    Barbour (1971, p. 35) descreve: “O estudo da morfologia dos terrenos [...]”

    “Não se mova, faça de conta que está morta.” (CLARAC; BONNIN, 1985, p. 72)

    Segundo Sá (1995, p. 27): “[...] por meio da mesma arte de conversação que abrange tão extensa e significativa parte de nossa existência cotidiana [...]”

    As citações diretas, no texto, com mais de três linhas, devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, com a letra menor que a utilizada no texto, sem aspas e com espaço simples. Ex.:

    A teleconferência permite ao indivíduo participar de um encontro nacional ou regional sem a necessidade de deixar seu local de origem. Tipos comuns de teleconferência incluem o uso da televisão, telefone, e computador. Através de áudio-conferência, utilizando a companhia local de telefone, um sinal de áudio pode ser emitido em um salão de qualquer dimensão. (NICHOLS, 1993, p. 181).

    Ou

    Nas palavras de Wallon (1979, p. 367):

    A disciplina pode ser entendida diferentemente segundo a tarefa do mestre é considerada como de puro ensino ou de educação e segundo o aluno é considerado como uma simples inteligência a guarnecer de conhecimentos ou como um ser a formar para a vida.

    Citações indiretas ou livres: transcrição livre do texto do autor consultado, trazendo resumo ou paráfrase de um trecho de uma determinada obra.

    Exemplo:

    Para Wallon (1979), à pré-escola cabe preparar a emancipação da criança e promover o seu encontro com outras crianças da mesma idade.

    Obs: Os autores, dentro dos parênteses nas citações, devem ser separados por ponto e vírgula.

    8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

    Referências:

    É obrigatório apresentar a REFERÊNCIA completa da fonte de qualquer documento citado direta ou indiretamente.As referências devem ser inseridas ao final do artigo em ordem alfabética, alinhado à esquerda e com espaçamento simples entre uma referência e outra, limitando-se aos autores citados no corpo do texto.

    Autoria:

    Autores pessoais: inicia-se a entrada pelo último sobrenome do autor, em letras maiúsculas, seguido pelo(s) prenome(s) da mesma forma como consta(m) do documento. Emprega-se a vírgula entre o sobrenome e o(s) prenome(s). Ex.: BOGLIOLO, L.

    Obs: indicar os prenomes dos autores abreviados em todas as referências bibliográficas.

    Documentos elaborados por até três autores: mencionam-se os nomes de todos na mesma ordem em que constam da publicação, separados entre si por ponto e vírgula.

    Ex.: WELEK, R.; WARREN, A., BLOOD, D.C.; HENDERSON, J.A.; RODOSTITS, O.M.

    Obs: No texto

    Documentos elaborados com mais de três autores: indica-se o primeiro autor seguido da expressão latina et al. ( = e outros). Ex.: BURNER, B. et al.

    Obs: Em casos específicos nos quais a menção dos nomes forem indispensáveis para certificar a autoria, é facultado indicar todos os nomes separando-os por ponto e vírgula.

    Quando o autor é o responsável intelectual: organizador (Org.), coordenador (Coord.), compilador (Comp.), editor (Ed.) etc., acrescenta-se, entre parênteses, a abreviatura pertinente, após os nomes em letras maiúscula e minúscula e no singular. Ex.: AZEVEDO, F. (Comp.); CUNHA, A.; OLIVERIA, O. (Coord.).

    Autor desconhecido: publicações com autoria desconhecida ou não assinada, entra-se diretamente pelo título, sendo a primeira palavra do título em letras maiúsculas. Ex.:INSETICIDA com efeito polarizado...

    Autor entidade: publicações de responsabilidades de entidades coletivas, indica-se:

    - Órgãos da administração governamental direta (ministérios, secretarias e etc.): entra-se pelo nome do lugar que indica a esfera de subordinação (em letras maiúsculas) - PAÍS, ESTADO ou MUNICÍPIO. Ex.: BRASIL. Ministério do Interior.

    SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia.

    - Entidades independentes: entra-se diretamente pelo nome da entidade em letras maiúsculas. Ex.:UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

    Alguns exemplos de referências de vários tipos de documentos:

    Capítulos de livro.

    PIAGET, J. Os Procedimentos da Educação Moral. In: MACEDO, L. (Org.). Cinco estudos de Educação Moral. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996. p.1-36. (originalmente publicado em 1930).

    Artigo de periódico.

    REY, L. Problemas de saúde pública: hidatidose humana. Rev. Roche, Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 298-301, nov. 1969.

    Artigo de Jornal.

    FRIAS FILHO, O. Peça de Calderón sintetiza teatro barroco. Folha de São Paulo, São Paulo, 23 out. 1991. Ilustrada, p.3.

    Artigo de jornal sem identificação de autor

    DIRETRIZES curriculares e projetos pedagógicos. Diário Educional Online, Porto Alegre, 17 out. 2005. Disponível em: <www.google.com.> Acesso em: 28 jul. 2008.

    Teses e dissertações

    RODRIGUES, S. A. Expressividade e emoções na primeira infância: um estudo sobre a interação criança-criança na perspectiva walloniana. 2008. 110 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2008.

    Legislações (leis e decretos, resoluções)

    Leis e decretos

    BRASIL. Decreto nº 89.271, de 4 de janeiro de 1984. Dispõe sobre documentos e procedimentos para despacho de aeronave em serviço internacional. Lex: Coletânea de Legislação e Jurisprudência, São Paulo, v. 48, p. 3-4, jan. /mar. 1984.

    BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, v. 134, n. 248, 23 dez. 1996. Seção I, p. 27834-27841.

    Resoluções

    BRASIL. Congresso. Senado. Resolução nº 17, de 1991. Coleção de leis da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, v. 183, p. 1156-1157, maio/jun. 1991.

    Trabalhos publicados em Anais de Congresso

    MOREIRA, A. F. B. Multiculturalismo, Currículo e Formação de Professores. In: SEMINÁRIO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA, 2008, Santa Cruz do Sul. Anais... Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2008. p. 15-30. 1 CDROM

    Documentos eletrônicos

    Considera-se documento eletrônico, todo documento, acessível por máquina, cujos suportes são: OnLine, Winchester, Disco ZIP, Fita DAT, Cartão magnético, CD – Compact Disk, DVD, CD-Rom, Disquete, Fita magnética.

    As referências devem obedecer aos padrões indicados para todo tipo de documento, acrescidas das informações relativas à descrição física do meio eletrônico. Quando se tratar de obra consultada on-line, é necessário indicar o endereço eletrônico e a data em que foi acessada; se a obra estiver em suporte eletrônico (DVD, CD-ROM), essa informação também deve constar após a sua identificação.

    Exemplos:

    Monografia no todo:

    SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Entendendo o meio ambiente. São Paulo, 1999. v.1. Disponível em: <http://www.bdt.org.br/sma/entendendo/atual.htm/>. Acesso em: 8 mar. 1999.

    Artigos de periódicos:

    SOUZA, A. E. De penhora e avaliação. Dataveni@, Campina Grande, v. 4, n. 33, jun. 2000. Disponível em: <www.datavenia.inf.br/frame-artig.html>. Acesso em: 31 jul. 2000.

    CERISARA A. B.; CANDAL ROCHA, E. A.; SILVA FILHO, J. J. Educação Infantil: uma trajetória de pesquisa e indicações para a avaliação de contextos educativos.Zero a Seis: revista eletrônica, n. 15, jan/jun. 2007. Disponível em: <http://www.ced.ufsc.br/~zeroseis/numero1.html.> Acesso em: 01 jun. 2010.

     

    Obs1: Outras questões sobre formatações não contempladas nestas orientações, devem atender às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) em vigência.

    Obs2: Somente serão aceitos os trabalhos que preencherem as condições citadas

  2. NORMAS PARA SUBMISSÃO DE RESENHAS

    1. Referir-se à obra relacionada à Educação, publicada nos últimos três anos.

    2. Ser inédita.

    3. Redação em português ou espanhol.

    4. Conter a identificação completa da obra.

    5. Extensão de 10.000 (aproximadamente 3 páginas) a 14.000 (aproximadamente 5 páginas) caracteres (com espaços), incluindo, se houver, referências; citações e referências bibliográficas atendendo as mesmas normas dos artigos.

    6. Conter descrição do conteúdo da obra, sendo fiel a suas ideias principais, a seus fundamentos, a sua metodologia etc., bem como análise crítica, ou seja, um diálogo do autor da resenha com a obra.

    7. Apresentar qualidade textual em termos de estilo e linguagem acadêmica.

    Os editores encaminharão a resenha para avaliação por pares quanto ao mérito quando o texto atender a todas as orientações ora especificadas.

    Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens. As submissões das resenhas críticas terão os mesmos princípios e normas do envio de artigos científicos. Aquelas que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  3. INFORMAÇÕES IMPORTANTES

    - A Revista Nuances adota o sistema Turnitin para identificação de plagiarismo;

    - Todos os artigos aprovados e publicados em fluxo contínuo ou dossiês temáticos terão o número DOI para facilitar sua recuperação;

    - Todo conteúdo da Revista Nuances, exceto quando identificado, está licenciado sobre uma licença Creative Commons. Mais detalhes consultar o link: Creative Commons Atribuição 3.0 Internacional

    - Ressaltamos que É obrigatório o envio do documento "Declaração para Submissão" disponível neste link, devidamente preenchido. A falta deste resulta em recusa automática do artigo.

    - Dúvidas quanto a formatação? Baixe e utilize o modelo disponibilizado neste link.

 

Declaração de Direito Autoral

É obrigatório o envio do documento "Declaração para Submissão" disponível neste link, devidamente preenchido, assinado e em formato PDF, onde devem constar do trabalho informações quanto à titulação acadêmica do autor e respectiva instituição; área de estudos e linha de pesquisa; atividades que desempenha; instituição a que está vinculado; endereços residencial, profissional e eletrônico completos. Cada texto poderá ter, no máximo 3 autores, sendo que um dos 3 deve obrigatoriamente possuir o título de doutor(a). Tal documento deve ser enviado no processo de submissão durante a etapa "Documentos Suplementares"

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.