REDE URBANA BRASILEIRA: ALGUMAS REFLEXÕES TEÓRICAS

Bianca Simoneli de Oliveira

Resumo


O significado de rede urbana é amplo e sua compreensão na academia tem sido feita, as vezes, por meio de polêmicas discussões frente a correntes que ignoram a existência dessas redes nos países subdesenvolvidos ou consideram que elas estariam em fase embrionária. Roberto Lobato Corrêa caracterizasse como um autor que contraria os argumentos dessa corrente de pensamento e defende a existência dessas redes. Em seus estudos sobre a rede urbana, o autor discute clássicos como Walter Christaller levantando pontos que merecem ser discutidos no momento que o país vive. Outro autor que contribuí nesse debate é Milton Santos. Desde a década de 1970 analisava as modificações nos sistemas de produção brasileira e das redes, por meio de dois sistemas que denominou circuitos superior e inferior. Permeados pela discussão clássica de Walter Crhistaler acerca do debate das redes urbanas, buscaremos criar um diálogo entre Corrêa e Santos, direcionado para a realidade brasileira, na tentativa de melhor compreender as transformações do espaço geográfico contemporâneo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formação.v2i15.670

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio