A DINÂMICA DO TRANSPORTE AÉREO REGIONAL NAS CIDADES MÉDIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

Ana Paula Camilo Pereira, Marcio Rogerio Silveira

Resumo


Este artigo analisa o transporte aéreo em cidades médias do interior paulista, considerando-as como elos de entroncamento ou nós de rede do setor aéreo regional. As cidades configuram a organização

das redes geográficas, manifestando as interações espaciais. Compreende-se o desenvolvimento e o

crescimento do tráfego aéreo do interior paulista na interconexão com a capital, resultado da desconcentração econômica iniciada na década de 1970, considerando para isso as interações  espaciais promovidas pelo aumento da fluidez territorial. O modal possibilita uma volatilidade maior na fluidez que o torna mais flexível à superação do espaço pelo tempo. Neste sentido, a fluidez no território requer infraestruturas adequadas, ou seja, os fluxos demandam fixos produtivos para seu movimento. O setor mantém uma intensa adaptação com as estratégias das companhias no cenário internacional, portanto as tendências mundiais são constantemente readaptadas ao setor no Brasil. Assim, as estratégias logísticas realizadas pelas companhias aéreas convergem na competição do mercado aéreo regional. Desta forma, o trabalho configura o transporte aéreo regional nas cidades médias bem como a atuação das companhias aéreas, contribuindo para a intensificação das interações espaciais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v2i15.614

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio