CARACTERÍSTICAS GEOMORFOLÓGICAS E A PRODUÇÃO DE CULTURAS TEMPORÁRIAS NO ESTADO DO PARANÁ-BRASIL

França Junior Pedro, Villa Maria Estela Casale Dalla, Villa João Fernando Dalla

Resumo


O Paraná é um dos maiores produtores agrícolas do Brasil, apresenta uma pauta agrícola diversificada com aspectos morfopedológicos, condições climáticas aliadas à utilização de avançadas técnicas agronômicas, que o colocam em destaque em termos de produtividade. Baseado nestas constatações, verificando mapeamentos do Brasil e do Paraná e também no Atlas da Questão agrária do Brasil de Girardi (2008), este trabalho tem o objetivo de demonstrar por meio de mapas temáticos pontuais a relação entre a produção agrícola de grãos (2010) e as características geomorfológicas que condicionam estas culturas (milho, soja e cana de açúcar) no estado do Paraná. Nesta pesquisa, foram utilizados dados do IBGE/SIDRA (2010) para obter as informações agronômicas; a base cartográfica do IBGE (2010) e o programa Phil Cartho 5.72 para interpolação das informações e a geração dos mapas. A partir dos mapas pontuais de produção (Ton/Hec) desenvolveu-se um mapa geral para espacializar os cinturões da produção de culturas temporárias no Paraná. Destacaram-se 16 unidades geomorfológicas com aptidão agrícola favorável que apresentam baixa (fragilidade) vulnerabilidade, solos bem desenvolvidos, e declividades tênues, o que favorece as práticas mecanizadas e a boa produção agrícola

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v1i22.3624

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio